Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

26
Jul15

Desblogue d'Elite: Aquela pessoa #4

Maria das Palavras

Que te vem dizer apenas "olá" numa mensagem escrita em qualquer rede social.
E tu sabes que é uma armadilha, porque se quisesse coisa boa, dizia logo ao que vinha, não esperava para ter a certeza que estás a ler e já não podes fugir.

 

Publicado originalmente aqui:

 

Desblogue d'Elite - Maria das Palavras

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

23
Jul15

O céu é hoje e aqui.

Maria das Palavras

Pixabay Public Domain Photos: Angel

 

Somos bons para ir para o céu - mesmo quem não tem religião ou tem outra que não a católica tem esta ideia da recompensa divina bem presente. Fala-se nisso, mesmo que a brincar, os filmes retratam a situação e até os desenhos animados pegam na ideia (alguém aqui viu o Todos os Cães Merecem o Céu em pequeno?). Distingues o bem e o mal, praticas o bem quando podes, pedes perdão pelo mal quando falhas e um dia, se tudo correr bem, vais para esse sítio mágico vestir branco e comer queijo Philadelphia. 


Um dia destes vi um filme com uma afirmação curiosa. Sobretudo porque era proferida por um padre e não estou a ver um padre a dizer isto, sem ser parte de uma fita de ficção. Não me lembro do nome do filme por mais que me esforce, só sei que era a história de um velho deixado pela mulher e uma jovem viciada em sexo que é abusada e vítima de violência. A dado momento encontram-se na história e o velho (seria o Morgan Freeman?) estende-lhe a mão. Ou melhor, acorrenta-a lá em casa para ela não fugir enquanto tenta que recupere. O amigo dele, padre de profissão, passa lá em casa e ele pede-lhe que converse com a miúda. É aqui. 

 

O padre diz-lhe que ela não deve fazer o bem pela ideia longíqua de um dia ter um buffet à sua disposição no céu. Que deve fazer o bem para obter o céu agora. E pergunta-lhe: quem é o teu céu?


E agora pergunto eu: para que nos esforçamos e levamos a vida o melhor que pudemos e sabemos, não sendo para que um dia os portões do paraíso se escancarem para nós? Qual é o vosso céu? Quem é o vosso céu?

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

22
Jul15

Viajar sozinho

Maria das Palavras

Pixabay Free Usage Images

 

Eu nem gosto de almoçar sozinha, portanto podem adivinhar a minha opinião imediata sobre este assunto. Será uma questão de feitio. Mesmo com um livro por companhia, ou o telemóvel ligado ao mundo na ponta dos dedos, trinco tudo a despachar. Uma refeição que se faz sozinho, alimenta-nos. Uma refeição que se faz acompanhado, satisfaz-nos.

 

Assim é comigo e com as viagens. A experiência ajusta-se à medida das pessoas com quem a partilho e cresce proporcionalmente em prazer. 

Aconteceu ir a Londres a trabalho, sozinha, e ficar mais um par de dias para passear e conhecer a cidade, oportunidade que as horas em reuniões me tinham roubado já umas quantas vezes. Tinha lá alguns conhecidos, amigos de ocasião, que poderia ter desafiado para passear comigo, mas decidi desafiar-me a mim mesma e explorar a cidade ao meu ritmo. Senti-me completa e não houve um minuto em que me parecesse que precisava ali de alguém para aproveitar aquela cidade cinzenta e multicultural. Não precisava, mas queria. Como não preciso de mais ninguém para ser inteira na vida, mas quero ter ao meu lado amigos, família, o meu companheiro para sempre. Porque as caminhadas, literais e metafóricas, se fazem mais ligeiras e felizes quando há passos que acompanham os nossos. 

 

Às vezes, nem precisamos de alguém para continuar a andar, precisamos de alguém com quem parar um pouco.

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

subscrever feeds