Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

03
Out16

Quem é que lhe explica, assim em palavras meigas?

Maria das Palavras

De Sábado para Domingo ele não dormiu em casa e eu aproveitei a ausência dele e de dois graus de temperatura para voltar a dormir com a colcha em cima. Dormi mesmo bem. Tão bem. Haverá boa gente que me compreenda: não tem a ver com temperatura, tem a ver com conforto. Sentir o peso uniforme da colcha aconchega e remata os ingredientes da receita de um sono tranquilo. 

Ontem voltou o Moço. Contei-lhe disso do conforto de voltar à colcha na noite anterior. Ele fez olhos de cãozinho abandonado, que morreria de calor e eu (que gosto de escolher as minhas lutas) acedi. Dormimos sem colcha, mas ele prometeu que me aquecia a noite toda. Não tem a ver com calor explicava eu. Sim, sim, ele fez que percebeu. 

Portanto esta noite dormi sem colcha, mas sempre com um membro do corpo dele em cima, a fazer peso. E agora quem é que lhe explica, assim em palavras mais meigas, que dormir com um braço, uma perna ou um bocado de torso em cima a noite toda, faz parecer mais que me envolvi num acidente de viação grave do que propriamente que dormi com colcha?

 

 

[Estejam à vontade para fazer desta caixa de comentários o vosso muro das lamentações das noites mal dormidas em casal.]

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

02
Out16

Não há nada pior que um blogger a falar do seu blog IV

Maria das Palavras

Estou muito deprimida. Só mesmo naquele universo das depressões relativas (e inexistentes) em que de facto a minha vida não muda por causa disto. Mas as pessoas gostam de chamar depressão a tudo (depois admiram-se de não perceberem de facto o que é uma depressão) e hoje também vou cometer esse erro. Neste últimos dias descobri mais um par de blogs para lá de bons (já bastante conhecidos, eu é que nunca lhes tinha dado a devida atenção). Daqueles exatamente como eu gosto, com coisas que podia ter sido eu a dizer e um tom que até identifico com o meu - só que em bom, mesmo. E parece estúpido porque eu continuo convencida que isto do blog é só um hobbie que me faz sentir bem, porque posso dar largas à parvoíce e disciplinar-me a escrever diariamente que é uma coisa que me faz mesmo muito bem. Depois divirto-me com as vossas reações, faço amizades e tenho umas quantas borlas, o que são efeitos secundários magníficos, mas o meu ben-u-ron é mesmo a parte que só tem a ver comigo, confesso. Então descubro estes blogs e penso "rais'parta, também queria ter escrito isto e tenho de fazer mais posts assim como aquele que já fiz há não sei quanto tempo e porque é que não me lembrei primeiro de contar isto assim". Nenhum deles está na final dos Blogs do Ano, já agora. E por um segundo parece-me que o motivo para pensar isto é que quero que as pessoas saibam que tambem posso tentar ser assim tão engraçada. Mas se for honesta comigo, o que que quero mesmo é saber, de mim para mim, se consigo ter alguma ponta de graça. A seguir pergunto-me se ter graça é assim tão importante. Afinal vivemos uma vida a aprender que cair em graça é que é. Pronto, estou deprimida-entre-aspas - e esta é que é a verdade - porque sei que não sou assim tão original, é isso. Apesar de continuar a ser autêntica - como a cerveja que não bebo. 

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Pág. 15/15

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

subscrever feeds