Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

28
Mar17

Como te tens alimentado, Maria?

Maria das Palavras

Recebo centenas de emails diariamente a perguntar como me tenho portado no pós-66 dias sem porcarias, o desafio que me fez recusar tudo o que era gorduras e açúcares durantes os primeiros dois meses do ano e um pouco mais. Mentira. Ninguém quer saber, mas eu conto na mesma.

 

Tenho-me alimentado melhor? Mantive os hábitos saudáveis? 
Não. A resposta é um redondo não. Por várias razões. A primeira é que não consigo. Disfarcei que tenho a força de vontade de uma barata de carapaça mole porque, mais do que gulosa, sou teimosa: portanto assim que proferi a promessa sabia que a haveria de cumprir.  No entanto, essa promessa acabou. E logo a seguir à dieta veio a viagem à maravilhosa Nova Iorque (acompanharam no Instagram? Querem mais fotos ou posts sobre a viagem? Talvez um vlog com alguns dos bocados que filmei para o nosso álbum de memórias pessoal?). Ora, associado a uma viagem a NY vem muita pizza, muito donut, muito cupcake e diversos tipos de pequeno almoço que envolvem maple syrup. Como se isto não chegasse, quando regresso à rotina, não é bem a rotina estável de há uns tempos. Sou eu a morar sozinha, com arrumações para fazer e viagens a Lisboa ou Leiria quase todos os fins-de-semana. Que é como quem diz: sou eu, sem vontade de fazer comida decente só para eu comer e a correr de um lado para o outro, a precisar de petiscar a horas e em sítios onde há pouca granola.

Conclusão: não, o corpo não se habitua a comer de forma saudável a partir dos 20 dias de privação ou lá o que era. Mas a conjuntura também não tem ajudado. Ops.

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

28
Mar17

Uma adivinha.

Maria das Palavras

Uma coisa bem catita da casa nova é ter um aquecedor em cima da porta da casa-de-banho. Está bem, gasta energia que temos de ser nós a pagar, mas também é só um bocadinho de manhã e sabe bem que é um mimo. 

 

Então, perguntam vocês, porque é que todas as manhãs tens passado frio para te despir para o duche, Maria?

(pausa para perguntarem)

 

a) Porque sou rija e as mulheres rijas não precisam de aquecimento externo.

b) Porque estou a fazer um esforço de adaptação natural ao clima do norte.

c) Porque logo no primeiro dia me esqueci do aquecedor ligado o dia todo e agora tenho de poupar.

 

Pois...

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

27
Mar17

Foi na Oprah.

Maria das Palavras

Já foi há muito tempo. Mas vi num episódio da Oprah, numa tarde preguiçosa qualquer, estendida no sofá dos meus pais, uma coisa que me marcou. Não tenho a certeza se fazia parte daquele livro chamado O Segredo que foi um fenómeno mundial. Sei que alguém falava da vantagem de se ser positivo. Que na vida, como num restaurante, temos o que pedimos. Se num restaurante pedirmos sopa, trazem-nos sopa. Se na vida pedirmos coisas boas, em vez nos focarmos nas más, a vida traz coisas boas.

 

O que sei é que uma vez, num restaurante, pedi um café e me trouxeram um pêssego. Agora pensem.

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

25
Mar17

Tenho um cadeirão amarelo.

Maria das Palavras

As coisas vão-se compondo. Não tão depressa quanto gostaria, mas a poeira vai assentando e as peças do lego da vida encaixando umas nas outras. Não sei se já vos disse que reencontrei, neste novo destino, uma colega (uma amiga) de liceu com quem tinha perdido o contacto há mais de dez anos. Nenhuma de nós era daqui, nem de perto e ambas andamos a dar voltas por outras cidades que não eram as mesmas onde tínhamos nascido. Não acredito em sinais nem no destino, mas gostava, porque isto diz-me que estava escrito algures que eu viria aqui parar. 

 

Ainda tenho caixas por arrumar e assuntos por resolver. O velho do lado por enfrentar e o Moço por trazer. Blogs onde me atualizar e tantos posts para escrever. Mas já tenho um cadeirão amarelo no canto da sala. E quando imaginei o meu lugar na casa nova, estava sentada num cadeirão amarelo a escrever este post. 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

subscrever feeds