Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

13
Mar17

Isto não tem nada a ver com o meu aniversário #1

Maria das Palavras

Mas vamos lá ver...é praticamente daqui a uma semana! Já alguém devia ter pensado nisso. Não quer dizer que eu precise de prendas. Odeio materialismo. A não ser que venha na forma de algumas destas coisinhas que reuni perfeitamente ao acaso (quase sem olhar). Só mesmo aquele kit de necessidades básicas: livro, roupinha, acessórios, SAPATOS. Sabem há quanto tempo não compro umas sabrininhas? Para cima de muito. E a ideia era continuar a não comprar. Mas, sei lá, alguém podia comprar para por mim. Se o Moço e as pessoas que lhe perguntam o que me hão-de oferecer alguém gostar dessa lista, não se coíba de utilizá-la! Sei lá, pode ser que haja por aí mais aniversários pendentes. É só clicar nas imagens para ver loja, preços e essas minudências...


Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

13
Fev17

Sabem o badagaio?

Maria das Palavras

Está a dar ao meu telemóvel. O badagaio. 

Primeiro passou a fazer suspense e de cada vez que me ligam tenho de esperar dez segundos para que o ecrã me mostre de quem é a chamada. Agora deixou de ler o cartão SD mas não sem antes fazer um número circense de ligar o ecrã de 30 em 30 segundos com uma mensagem de erro de configuração (que nunca durava mais de um milissegundo para eu  não a conseguir perceber) e me esvaía a bateria numa questão de horas. Está praticamente a soro. Ligado às máquinas. E eu sem vontade nenhuma de o trocar. Ainda por cima tirei-lhe a capa, como quem rasga a camisa a um doente para ele respirar melhor, e lembrei-me que é branquinho e bonito. Creio que me está a pedir a eutanásia (eu sou pouco in, mas o telemóvel acompanha as tendências), mas eu estou em negação, a ser egoísta e não me quero despedir. 


Num momento de loucura, como uma mulher traidora, fui ver outros. Mas nem estou com vontade de escolher, tal é a pouca vontade de fazer a troca (ou o investimento). Não quero iPhones que nao sou de iCoisas e não tenho iFundos para isso. Algum conselho para bom desempenho com preço aceitável? Conhecem os modelos ou marcas abaixo (que não são das upa upa)? Alguém tem, alguém recomenda?

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

08
Fev17

Isto não tem nada a ver com o Dia dos Namorados #1

Maria das Palavras

Colei só umas imagens ao acaso porque acordei com ganas de designer e resultou nisto. Coisas de gente artística, sabem? Portanto não estou a partilhar para dar aquela dica final ao Moço que sabe bem que deve ao menos assinalar a data com uma flor não ligo nada ao Dia dos Namorados e dispenso qualquer tipo de prendas ou carinhos, ainda que estas peças aqui atiradas ao acaso, quase sem olhar, me fizessem feliz, daquela forma especial e marota que só as coisas materiais conseguem fazer. Efetivamente não preciso de nenhuma delas. Assim da mesma forma que não preciso de comer chocolates mas esta coisas dos 66 dias sem porcarias me está a dar a volta ao miolo. Por isso isto é mesmo só um conjunto de imagens aleatórias (com links em cada uma, Moço, para ir direito às lojas...).

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

26
Jan17

Passatempo Dia dos Namorados '17

Maria das Palavras

PASSATEMPO DIA DOS NAMORADOS | Maria das Palavras


Como todos sabemos o Dia dos Namorados é uma época consumista em que as lojas se aproveitam dos sentimentos das pessoas para as pressionar a gastar dinheiro. Como todos sabemos, adoramos isso. Quer dizer, sobretudo se pudermos dar uma prenda onde também possamos ganhar alguma coisa com isso (como quando os homens oferecem lingerie sexy às namoradas ou a prenda é um pack de experiências a dois). Já é de antes da parceria que digo que isto é das melhores prendas que se podem dar ou receber e a personalização cada vez maior que se tem vindo a fazer nos packs e vouchers Odisseias ainda mais me cativa. Para esta ocasião a Odisseias criou os packs: “Tu E Eu”, “Obrigado”, “Gosto de Ti”, “Love”, “Momentos Inesquecíveis”, “Amo-te”, “Ninguém Como Tu”, “Amor, Vamos!” e “Inspira-te”.

Packs Dias dos Namorados - Odisseias

Claro que eu sou do contra e portanto em vez de um desses, tenho para vos oferecer um pack SURPRESA (vejam aqui o que inclui) + uma caneca Laroom que mostra os dois lado do amor, digo eu (é fofinha, mas não deixa de ser um monstro...ehehe). Isto porque o dia dos namorados também pode ser para mimar outra pessoa na nossa vida, mesmo um amigo ou familiar - ou a nós mesmos. E não quero que este passatempo seja exclusivo para quem já encontrou a sua metade da laranja. A caneca veio da Zori, o shopping online Odisseias, que também está com uma seleção especial de descontos para o dia dos lovebirds - e fica a dica, se querem mandar vir de lá alguma coisa (da Zori) a tempo de 14 de Fevereiro, façam-no já, porque geralmente demora um pouco. Para quem já só lê isto a 13 de Fevereiro, os vouchers comprados online com mensagem personalizadas são imediatos e dentro de um postal (comprado ou improvisado) faz as delícias de qualquer alma. 

 

 

Passatempo Maria das Palavras | Dia dos Namorados 2017


Então o que precisam de fazer para ganhar? Simples: 

1. Façam like nas páginas de Facebook Maria das Palavras (esta) e Odisseias (esta)
2. Façam like neste post de Facebook e identifiquem um amigo (ou mais) que também gostasse de participar
3. Entrem nesta página e digam nos comentários do blog aqui neste post (ou no Facebook, se não conseguirem aqui) qual a vossa experiência favorita dentro de Pack SURPRESA (como são 500 peço já desculpa pela trabalheira)
4. Preencham o formulário abaixo (ou aqui)

 

Façam tudo até 5 de Fevereiro e rezem com muita força para que o Random.org selecione a vossa participação a 6 de Fevereiro. O vencedor será contactado para o email deixado no formulário e anunciado no post do passatempo no Facebook, bem como atualizado aqui (na área do formulário). Para receber o pack a tempo do Dia dos Namorados (e mesmo assim temos de contar com a benção dos CTT) devem responder ao meu email no próprio dia com a morada e nome completo, ok? Senão no dia 7 faço novo sorteio. Senão...fico eu com o pack e vou a mais uma massagem de luxo com o Moço...

 

Boa sorte a todos! E muito amor (próprio) 💜

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

17
Jan17

Este blog não é sobre livros #11: Quero-te Morta

Maria das Palavras

Quando escrevi este texto tinha acabado de ler uma história ficcionada sobre o rapto de uma menina e fiquei cheia de vontade de ler histórias verídicas. Uma das que listei foi este Quero-te Morta (cliquem na capa para detalhes) que o Clube do Autor teve a simpatia de me enviar (já que eu estava curiosa). O realismo deste livro está nas sensações e não na história: a protagonista é vítima de assédio e perseguição por parte de um ex. Coisa que o autor já sentiu quando foi perseguido por uma das suas leitoras que levou o conceito de fã muito a sério. Assustador, certo?

 

No início baralhou-me porque o livro abre logo com algo emocionante que seria próprio de fim ou meio de livro e está logo nas primeiras páginas, pelo que achei que logo ali ia começa a decair. Mas é mentira, continuei a ler e fiquei cada vez mais empolgada com a leitura, para saber como se ia desenrolar cada plano a partir dali. Temos sempre várias perspetivas e histórias que se entrelaçam, os capítulos são curtos, e isso são dois fatores que me prendem. Quero sempre ler mais um. Mais um. Mais um. Só mais um.

Algo que gostei particularmente foi como alguns momentos não foram previsíveis. Ou seja, temos a certeza que determinada coisa vai acontecer, porque tudo aponta para aí, mas o autor escusa-se ao óbvio e vai arranjar outras surpresas. Mesmo que as perguntas "quem fez isto?" ou "porquê?" estejam respondidas quase desde o início, é curioso ler como se desenvolvem. As tramas secundárias também existem e adicionam outros elementos de surpresa. E mesmo depois do que seria "o fim" o livro continua a acontecer


Fica a recomendação, para quem gosta de policiais e fica (para mim) a vontade de ler mais deste autor e desta série de livros. A história gira sobretudo à volta da protagonista, mas Roy Grace, o detetive, e a sua vida profissional e pessoal tomam uma boa parte do livro. Este é o 10º livro de Peter James sobre o detetive Roy Grace. Logo de início percebemos que em livros anteriores algo de importante e definidor se passou na vida dele e tendo em conta a forma como o livro termina estou muito curiosa para ver os próximos capítulos (há pelo menos dois que já estão escritos, mas não sei se estão publicados por cá)...

Ficaram curiosos?

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D