Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

26
Jul16

A praia da Gambôa e a Mercearia d'Alegria

Maria das Palavras

A Mercearia d'Alegria Boutique B&B | Peniche - Experiência Odisseias por Maria das Palavras

 

Esta experiência Odisseias saiu-me melhor do que a encomenda. Confesso que quando comecei à procura de algo na zona oeste onde passar a noite para aproveitar o sol (e as folgas do Moço ao fim-de-semana, que são raras) comecei por pesquisar nos hotéis típicos de beira da praia, e só depois de saber que já estavam cheios como ninhos de andorinhas na Primavera, me virei, numa pesquisa mais aprofundada para este hotel boutique sem piscina, um bed and breakfast que me pareceu de decoração catita ali a 300 metros de uma tal de praia da Gâmboa. E foi o melhor que podia ter acontecido. 

Adorei a pequena praia, tanto quanto é possível eu adorar uma praia que não tenha água quente e sombra de palmeiras, almoçámos muito bem na zona de Peniche e tivemos uma estadia ótima com alguns detalhes adoráveis e improváveis (já vos conto tudo). Recomendo mesmo (já tive muito boas experiências com a Odisseias e, sem esperar, esta foi para o topo da lista). Vou recomendar aos meus amigos e recomendo-vos a vocês. 

 

Entrada da Mercearia d'Alegria - Maria das Palavras

 

Fizemos a viagem de Lisboa a Peniche pela fresca e chegámos cedinho à porta da Merceria no Sábado. Estacionámos sem nenhuma dificuldade (também podíamos ter estacionado perto da praia, visto que não era ainda hora de check in, mas era tão perto que nem valia a pena). Fomos para a praia, que era pequenina (essencialmente porque a maré alta deixa a maior parte do areal molhado) mas bastante agradável: tinha a bandeira azul e a bandeira verde. Havia pessoas a catar qualquer coisa junto das rochas, mas penso que seriam percebes e não Pokémons.

 

Praia da Gambôa Peniche _ Experiência Odisseias | Maria das Palavras

 

Tínhamos chapéu de sol e protetor de fator 50, mas mesmo assim fui capaz de queimar valentemente as "nalgas". De tal forma que ao jantar, em casa de amigos, o Moço não parava de insistir que eu devia exibir o traseiro para verem o belo serviço. Não se preocupem, não aconteceu. Ficámos até ser hora de almoçar e rumámos ao outro lado de Peniche (5 minutos de carro?) para visitar a Tasca do Joel, tão bem recomendada no Trip Advisor.

tasca do joel - restaurante Peniche | Maria das Palavras

O bacalhau estava ensosso, é preciso dizer a verdade, mas é mesmo a única reclamação. Com esta camada de puré em cima, cebolinha no meio e frito, foi uma boa escolha e dava perfeitamente para os dois, mas o Moço comeu frango à tasca e não se arrependeu. Não provámos a especialidade da casa: farinheira com canela e mel, porque não conseguimos concordar que seria bom, mas comemos queijinho fresco com broa amarelinha, que eu adoro. Tudo, mais água e cafés foram os 30€ que o Lifecooler me tinha prometido para preço médio. 


Depois fomos então visitar a Merceria! Fomos fazer o check in e preparar-nos para o lanchajantarado que tínhamos com amigos (e ainda a uma boa distância), mas aproveitei logo para tirar umas fotos à Merceria e seus detalhes. 

 

Quarto nº 2 na Mercearia d'Alegria | Experiência Maria das Palavras com Odisseias

 

Fiquei encantada. Notem como a cabeceira da cama é uma porta restaurada. Notem - em baixo - como o espelho da casa-de-banho é uma janela antiga. Reparem bem na lâmpada do espelho. Tudo um mimo. Para não vos maçar com mil fotos acrescento que tinha TV, um cadeirão, uma secretária (com duas garrafinhas de água de oferta), e uma área de closet pequeno e aberto com as nossas toalhas fofas (fofas mesmo, não todas tesas, como em muitos hóteis). Ah, e eu dou muita importância a isto: o chuveiro da cabine de duche era dos bons, que lava mesmo, não é só agua a pingar para cima (devo ter algum trauma com esta questão).

 

Mercearia da alegria, detalhes do quarto | Experiência Odisseias e Maria das Palavras


Nessa noite, como disse, fomos jantar a casa de amigos, para lá de Peniche e quando voltámos o quarto estava com uma boa temperatura, mesmo sem ter ar condicionado, tanto que dormi coberta com lençol e colcha. Claro que primeiro fizemos uma caça às melgas, porque cometemos o erro de deixar a janela aberta, com a luz acesa, enquanto nos preparávamos para dormir. Chamemos-lhe a atividade radical do fim-de-semana, já que não andámos nas bicicletas à nossa disposição no terraço, nem fizemos surf

 

patio marcearia.jpg

 

O meu detalhe favorito não foi de decoração - nem a simpatia das moças que lá trabalham, que também é de destacar - foi a hora do pequeno-almoço: entre as 8h e as...19h! A filosofia é simples: eles oferecem uma refeição, e podemos tomá-la à hora que quisermos, quer lhe chamemos pequeno-almoço ou lanche. Não o tomámos no terraço, mas podíamos. Funciona da seguinte forma: escolhemos até cinco coisas da lista extensa de possibilidades (fruta, iogurte, ovos, tostas, torradas, bebidas quentes...) e as meninas preparam para nós e trazem. Eu nem cheguei a escolher cinco coisas, mas foi só porque tive vergonha de pedir para repetir o bolo que estava delicioso. 

 

Receção da Mercearia d'Alegria | EXperiência Odisseias, Maria das Palavras

 
Nessa manhã ainda fomos um bocadinho à praia, o que acabou por resumir-se num passeio longo pelo areal. Pedimos para fazer check out uma hora mais tarde do que o previsto e não houve problema nenhum, o que nos deu tempo de aproveitar melhor a manhã antes de rumar a Leiria para almoçar com a minha família. E para não faltar nada neste Domingo, lanchei um gelado enorme numa tulipa e depois jantámos com a família de Moço, já em Lisboa. 

Esprememos o fim-de-semana até à última gota. No fim estávamos cansados, mas felizes, com aquela sensação de quem por uma enfiada de horas não teve nenhum problema na vida (sem contar o escaldão do rabo). Há sempre um momento em que voltamos a bater de frente com a realidade, mas deixámos isso para segunda feira. E que bem que fizemos. 

 

 


Sigam-me no Instagram - @maria_das_palavras e no Facebook aqui.

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

3 comentários

Comentar post

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D