Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

20
Set17

É menina, tragam a caçadeira.

Maria das Palavras

Menino e Menina | Imagem Pixabay

 

Não me considero de todo feminista. Sou pela igualdade com respeito pela diferença. As mulheres e os homens são efetivamente diferentes, têm forças e fraquezas diferentes, e o que devem é ser tratados de forma justa, tendo em conta essas distinções.

 

Mas uma das "brincadeiras" (entre aspas, porque decorrem de preconceitos reais) que mais me incomoda são aquelas frases típicas quando se sabe que o bebé de fulano X é menina: tens de arranjar uma caçadeira. Eu própria já terei brincado com isto nalguma ocasião, sem pensar, mas quando reflito no que se está a dizer: não gosto. 


Uma coisa que as mulheres não são é o sexo fraco. Mais sensíveis, por regra geral (com exceções várias), provavelmente. Mais fracas literalmente em músculo, muitas vezes. Mas menos independentes ou capazes de fazer as suas escolhas? Certamente que não. Certamente não é coisa que dependa do género. 

 

Por isso quando se sugere a caçadeira, com o tom jocoso que seja, lembro-me que sou mulher, que fui menina, e que seria uma valente falta de respeito que alguém - ainda que os meus pais - se metessem na minha vida amorosa, de uma forma diferente do que fariam se eu tivesse cromossomas diferentes. Que alguém acredite que as escolhas que fiz, mesmo que erradas, tivessem de ser tratadas com uma metafórica arma de fogo, porque foram minhas. Homens e mulheres estão aí no mundo capazes de magoar e ser magoados nisso do amor. Homens e mulheres têm o direito de ter sexo (sim, mesmo assim). E quando uma garota (vamos dizer já adolescente) escolhe um namoradinho, mesmo que do alto da sua inocência e desconhecimento do mundo, a forma como lida com isso e o que decide fazer dependem da sua personalidade e não do seu género. 

E sim, também aqui homens e mulheres são diferentes. Não vale a pena negar, já que é científico e comprovado, que eles têm mais hormonas inflamadas e elas têm mais consequências na pele do que pode correr mal. E se estamos a falar de jovens comandados por desejos (até de adultos) há muita coisa que pode correr mal. Mas não há um género a aconselhar mais do que outro. Não há um género a culpar mais do que outro. Não há um género a proteger mais do que outro. Homens e mulheres são seres pensantes: e esta, hein? Agora até já andamos todos na escola e votamos, temos acesso semelhante à informação.

 

Abaixo a história da caçadeira, por favor.

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

5 comentários

Comentar post

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D