Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

21
Mar16

Hey, somos ratooooosss...

Maria das Palavras

A Byfurcação rapidamente se tornou a minha companhia de teatro favorita. E eu nem sequer pensava que havia de ter uma companhia de teatro favorita. Fazem abordagens frescas a bons textos, em palcos originais, e tendo visto apenas duas peças sinto-me capaz de as querer ver todas. Da primeira falei-vos aqui, a Vampíria, na Quinta da Regaleira. A segunda fui ver no Sábado a convite da Byfurcação (depois de me ter confessado fã, quase pedindo para me assinarem o peito com marcador permanente, não foram capazes de não me convidar) - a Cinderela. 

 

Cinderela - Byfurcação

 

Confesso-vos que fui para lá com o espírito da mula. Ia cá chateada com coisas minhas, era dia do pai e eu não estava ao pé do meu, pus-me a pensar na minha mãe que já não tem pai, fomos a uma almoço mal-combinado (odeio coisas mais combinadas - e mal combinado é diferente de espontâneo, atenção)...enfim. Tinha de pegar no meu mau humor e arrastar-me até ao Júlio de Matos (!) para ver uma peça que sendo para miúdos e graúdos, é de índole infantil. Até foi por estar assim mal-humorada que tive de ouvir istoFoi remédio santo. Tive um sorriso pespegado à cara do início ao fim - um sorriso bobo pontuado com gargalhadas. O Moço a mesma coisa. Saímos de lá a cantar o título improvável deste post: heyyy, somos ratooooos...

 

Fiquei espantada com a reação de todas as crianças presentes no público. Fiz apostas com o Moço sobre qual seria a primeira mãe ou pai a ter de levar a criança lá para fora a berrar, mas com tanta vida no palco isso não chegou a acontecer. Sabem a proeza que é manter crianças quietas por mais de uma hora seguida? A única miúda que saiu de lá chateada foi aquela a quem roubaram o pai para ir fazer de príncipe ao palco - e ela não gostou nada da ideia de ver o pai a casar com outra mulher, nem que fosse a Cinderela. E eu saí muito alegre e airosa, com a certeza de ter gostado bastante mais desta peça do que das duas anteriores que fui ver ao teatro (Allô allô e Boas Pessoas, ambas garantidamente para adultos e com atores altamente reconhecidos pelo público).


Não tenho fotos, porque não eram permitidas e eu sou bem comportada (só no fim e tinha de enfrentar um mar de crianças), mas...talvez tenha bilhetes para oferecer. Interessados, há?

 

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

7 comentários

Comentar post

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D