Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

11
Jan17

Livros irrequietos. Também querem?

Maria das Palavras

Livro secreto - Iniciativa do blog E agora? Sei lá!

 


No final de 2015 a M.J. teve uma ideia: pôr livros a dançar. O pessoal inscreveu-se, deu um livro ao manifesto e durante o ano de 2016 treze pessoas rodaram treze livros por todas as casas. Sublinhando passagens ou deixando comentários, tornando o livro mais vivido e a nós mais ricos quando ele voltasse às nossas mãos. 

 

Dos 30 que li em 2016, muitos livros pertenceram a esta iniciativa. O Livro Secreto (que para mim, devia ser o Livro Irrequieto) traz duas sensações quentes: a de termos o prazer de emprestar a outras pessoas um livro que nos diz algo e a de descobrirmos livros que nunca pertenceriam à nossa estante de escolhas. Já sabia que A Luz de Stephen King seria o meu favorito, surpreendi-me muito positivamente com A Pérola e o Navegador Solitário, gostei sem amar perdidamente do do Zafón, desiludi-me com o Plano Infinito da Isabel Allende e saltei capítulos inteiros do Cloud Atlas, num livro em que adorei umas partes e odiei outras. Li mais, mas não li todos (e não faz mal, a vida acontece e a iniciativa tem espaço para essa compreensão).


Este é o últimos dos 13 meses e ainda tenho um livro por receber (e ler) antes do meu. Para mim a desvantagem não é tanto a ladaínha dos CTT (que entre os portes editoriais que ficam mais baratos e o Moço me ajudar às vezes no transporte não é muito penosa) mas sim o acumular dos livros que tenho cá por casa e que também quero ansiosamente ler há tanto tempo. Ken Follet, O Pintassilgo, Anna Karenina e uma série de outros vão ficando para trás. Foi por isso que decidi que não faria parte da segunda edição...até me perguntarem se eu queria fazer parte da segunda edição. Não consegui resistir. As coisas boas desta iniciativa (ah, a sensação de uma encomenda no correio em vez de contas! e a surpresa da primeira vez em que ainda nem sabemos que livros andam a dançar na iniciativa!) ultrapassam as menos boas. E mesmo com a certeza que não lerei todos, em prol dos livros que já moram cá em casa, não quero ficar de fora. Não consigo. 


Venham comigo. Entrem na iniciativa. Prometo que não se arrependerão. Inscrições para o email eagoraseila@sapo.pt com o assunto livro secreto. Há logo a primeira parte excitante em que escolhem o livro que será o vosso irrequieto. Não escolham um muito grande (até 200 páginas é o aconselhado). No corpo de e-mail identifiquem-se, digam que livro querem enviar (só mesmo no email, que ele mantem-se secreto na primeira ronda) e digam se concordam que ele seja sublinhado (não é obrigatório).

 

1540-6.jpg

 

Falta-me só dizer que o livro que escolhi emprestar na primeira edição foi o minorca de 88 páginas A Contadora de Filmes, de Hernán Rivera Letelier. A história de uma família pobre onde quem tinha mais talento para contar histórias ia ao cinema para ver o filme e recontar a todos. Aconselho vivamente. Para a segunda edição não escolhi o livro: escolheu-me ele quando me fez sentir saudade ao olhá-lo na estante. Curiosos? Increvam-se. E saibam mais sobre toda a iniciativa no blog da sua autora.

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

03
Jan17

Passei o ano grávida (na cabeça dele)

Maria das Palavras

No dia 1 de manhã (é discutível chamar manhã àquela hora) olhei para os emails, na cama, no telemóvel, enquanto o Moço preparava o nosso primeiro pequeno-almoço de 2017 (é discutível chamar pequeno-almoço a uma refeição àquela hora). 

Deparo-me com o email de um amigo a dizer: estive a um milímetro de te ligar a dar os parabéns. Depois da minha interrogação novo email: pergunta ao Moço sobre o que ele publicou no Facebook... 


O que se passou foi o seguinte: ele adicionou o Moço no Facebook nessa semana e no dia 31 o Moço publicou uma foto da ecografia. 

O que realmente se passou foi o seguinte: ele adicionou alguém que pensou ser o Moço no Facebook nessa semana e o no dia 31 alguém que não era o Moço publicou uma foto da ecografia. 

 

A ecografia nem era de um bebé, era uma daquelas imagens a enganar em que de facto era o fígado e alguém a dizer que estava de parabéns porque estava tudo bem com as análises e estava preparado para a passagem de ano. Tipo isto:

 

Eco ao fígado - Parabéns | Facebook

 

Mesmo assim comecei o ano com um momento de "abananamento" por causa do meu amigo que 1) confundiu o Moço com outra pessoa qualquer e 2) não leu a publicação até ao fim à primeira. Hein?! Parabéns?! Quem é que engravidou quem? Moçoooooooo!

Ah, a ironia da vida. 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

02
Jan17

Não precisam ler este post.

Maria das Palavras

Eu sei que não vos interessa, porque por entre os blogs e o Facebook pessoal toda a gente já fez os seus balanços do passado e declarou os seus desejos do futuro. Fartinhos disso devem andar vocês (e eu). Este é um texto que vocês não precisam de ler, mas eu preciso de escrever. 


Ontem foi um dia calmo, a dois. Demorá-mo-lo o mais que pudemos. Não quis ir ver o mar, nem o céu, ficámos só a ver o mundo um do outro. Não temos esta oportunidade muito frequentemente e talvez fosse o meu primeiro desejo do novo ano. Na minha cabeça não foi tudo tão tranquillo e senti a pressão de um dia que tinha de ser perfeito para lançar os outros 364. Sem ser supersticiosa ou acreditar em sinais, pedi ao Moço que expulsasse a mosca do quarto para não servir de mau agoiro a 2017. Quis ver filmes que não acabassem mal. Ainda assim, as coisas que me preocupam vieram ter comigo uma por uma. Não estavam de saída no ano velho. E passei o dia a aceitar que sabia isso e não faz mal.  A única coisa que espero de 2017, verdadeiramente, é que não seja pior que 2016, morram os famosos que morrerem. Se assim for, na próxima passagem de ano também bato com os tachos. 

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

subscrever feeds