Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

15
Dez16

A promessa que fiz.

Maria das Palavras

A verdade é esta: sou uma sortuda. Tenho 30 anos e, mesmo notando uma mudança ou outra no meu corpo, como de tudo sem que isso se reflita de forma óbvia (vai daqui um beijinho para a minha celulite) no meu peso. Como tal, e ainda que tente tomar opções saudáveis, não fecho a boca a gulodices ou junk food quando me apetece. Não me calhou a lotaria, mas calhou-me um metabolismo fofo.


Já o Moço precisa de ter bastante cuidado na alimentação e faz exercício regularmente para não aumentar de peso. Eu tento acompanhá-lo. Tenho a dispensa e o frigorífico recheados de coisas saudáveis. Mas também tenho Nutella. E bolachinhas. E (sempre) gelados no congelador - o meu pecado-mor. E uma Gabriela (aka Bimby) que faz massa de bolos e panquecas numa questão de segundos. E quando como fora de casa, a Cola, as batatas fritas e (mais) gelados costumam vir a reboque. E não é que eu coma estas coisas diariamente. Mas nunca na vida estive proibida de as comer. Apetece? Há? Marcha. Felizmente sou esquisita com sobremesas (não gosto de cheesecakes ou doces de colher) e só gosto de comer chocolate se tiver fome (não consigo derrubar tabletes de enfiada) e portanto nalgumas coisas que devo evitar nem faço sacrifício.


Em Março planeámos uma viagem. Depois das festas e até lá, o Moço, que já come de forma saudável todos os dias da sua vida, vai estar numa fase sem-exceções para chegar mais perto do seu peso ideal que já não está longe (não se preocupem, sem violências, tudo acompanhado pela nutricionista, somos os dois bastante sensatos cá em casa). E eu - com certeza nalgum momento em que me estavam a baixar os acúcares e não estava em mim - propus-lhe o seguinte: eu faço o sacrifício contigo. No meu caso não é uma reeducação alimentar (o aconselhável) que tenho tentado fazer com ele já ao longo do tempo, é mesmo uma espécie de quaresma (só que são 66 dias em vez de 40)

Do dia 2 de Janeiro ao dia 7 de Março de 2017 não como: gelados, waffles, bolos, croissants, batatas fritas, futebolas, milho frito, pizzas, hamburgueres no pão ou sandes a servir de almoço/jantar, bolachas, nutella, molhos com natas, chocolates, gomas. Sei que algumas parecem redundantes, mas são as coisas que eu tenho de repetir na minha cabeça. Além destas coisas que aponto, de forma geral, vou tentar evitar gorduras, carnes vermelhas e pão para além do pequeno almoço. Refrigerantes absolutamente proibidos. E dar-lhe bastante na sopa e na fruta (coisas que gosto, embora nem sempre opte por elas hoje em dia). 

 

Não pretendo emagrecer (se notar que isso acontece posso sempre carregar mais dentro do lote de alimentos ao meu dispor), pretendo sim comer de forma mais saudável e, sobretudo, acompanhar o Moço. Quem sabe, depois dos 66 dias, até vou conseguir evitar mais vezes todas as coisas da lista proibida? (Provavelmente, não).


Pensei seriamente se partilharia isto convosco. Mas como a falta de porcarias pode afetar de forma evidente a minha escrita mais vale contar-vos já o que se vai passar. Não me passa pela cabeça não cumprir de forma rigorosa o desafio (quando meto uma coisa na cabeça...), no entanto, antevejo sérias dificuldades e episódios de sofrimento atroz. Prometo partilhar convosco. Não percam...

 

66 Dias sem Porcarias | Desafio 2017 Maria das Palavras

 

Sigam a minha promessa irrefletida no Facebook 

e no Instagram a partir do dia 2.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

24
Out16

Desafio 24 horas...24 posts I

Maria das Palavras

Hoje aberto 24 Horas| (imagem Pixabay)

 

Este é o primeiro de 24 posts, um por hora. Se eu conseguir, claro. A ideia foi do Nuno Matos Cabral, da Primeira Casa da Rua. Confesso que quando li o final do texto dele que dizia: espero que me acompanhem, eu, habituada aos desafios do Bairro Verde achei que ele estava a pedir voluntários para alinhar com ele na aventura e fazerem o mesmo nos seus blogs. Toda lampeira disse logo que alinhava. Só ao reler é que percebi que ele não estava a desafiar para fazerem o mesmo, mas sim, para irem lendo as 24 horas LeMans no espaço dele. 

 

Fiquei a parecer daquelas meninas que quando alguém diz "logo vou ao cinema" e sem ninguem perguntar nada replicam "está bem , que filme vamos ver?".

 

Anyway com a sua benção vou acompanhar e fazer o mesmo. Ou tentar, que isto de posts à noite é complicado. Querem tentar também? Juntem-se com a tag "24 posts".

Fiquem por aí e mantenham a luz acesa que eu sou bem capaz de adormecer pelo caminho.

 

Não está nada planeado. Não está nada agendado. Acompanhem cá e . Aceitam-se apostas sobre quem ganha, quem falha um post primeiro (ou a que horas falho eu, creio que está no destino que acontecerá).

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

16
Dez15

Vamos fazer um jogo II

Maria das Palavras

À semelhança do ano passado, vamos perder a cabeça e trocar presentes - só que não! Vocês deixam um comentário a dizer o que me ofereceriam no Natal e eu respondo-vos com o que vos dava em troca. Vale qualquer coisinha neste mundo de uma velinha ao Taj Mahal: afinal (infelizmente) é mesmo só um jogo. E não vale oferecerem-me juízo. Já tentei e não pega.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

19
Nov15

Tentadíssima.

Maria das Palavras

Estou tentadíssima a fazer o Moço escolher-me a roupa durante sete dias como esta repórter da NiT fez ao pai. Eu até sei que ele tem bom gosto e não era a primeira vez que escolhia algo para eu usar. Mas...aparentemente isto fá-los perceber os desabafos do "Não tenho nada para vestir". É que uma coisa é dizer num dia ou outro "e se usasses aquele vestido" ou "fica aí bem  casaco assim-assim". Outra é fazer o coordenado inteiro, dos pés à cabeça (sim, chapéus também estão a valer) durante dias a fio. Que isto de ser mulher não é so tirar um par de calças, uma camisa e estou a andar. Estou tentadíssima, já disse? Que acham? [100 likes aqui e lanço-lhe o desafio]

É que já o estou a imaginar a desistir ao 4º dia e a dizer: toma lá o cartão de crédito e estoura-me isso na Mango*, mulher. Que realmente não tens roupa que chegue.

 
*Se eu fosse uma blogger decente preferia a Zara.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

24
Fev15

#nodresschallenge update

Maria das Palavras

Então Maria - perguntam vocês - como está a correr isso de não comprares nada para ti nos saldos nem até 15 de Março?

Impecável. Só por duas vezes vi coisas fantástcas que adorei e não me consegui descolar delas. Mas fui valente e não comprei. O moço ofereceu-me...

Shame on you...

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

subscrever feeds