Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

28
Fev15

A ficar uma dona de casa perfeita

Maria das Palavras

Sabes que estás feita uma dona de casa quando ficas radiante com (ou desejas ardentemente) um dia de Sol. 

Porque podes ir para uma esplanada?
Porque vais dar uma volta à praia?
Porque te recorda os gloriosos dias de Verão?
Porque não faz tanto frio?
Porque a fotossíntese traz felicidade?

 

Não. Porque podes finalmente estender a roupa.

 

Molas da roupa - Maria das Palavras

 

 

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

06
Out14

A ordinária da vizinhança

Maria das Palavras

Sou eu...

Já em tempos o Moço a estender roupa deixou cair para a janela do vizinho velhote uma das minhas cuequinhas pretas de renda. O vizinho nunca mais me olhou da mesma maneira.

Ontem foi a vez de me apresentar sem intermediários. A estender uma toalha, desenrolo-a e salta uma tanga verde alface (para se ver bem). Foi para o terraço da vizinha do primeiro andar. Sem stress. O vizinho do lado já nos tinha informado que era normal e sugerido que arranjássemos um acessório de pesca e uma corda para resolver o assunto. Moça prevenida, já tinha tudo em casa, montei a "cana" (que era um fio com um gancho no fim) e toca de a fazer descer até ao terraço. O vento não ajudava, não acertava nas cuecas e ainda eu estava a meio da minha tentativa quando oiço chegar...o cão da vizinha do primeiro andar. Puxei o gancho para não aleijar (ou trazer para cima) o animal e assisti impávida cá de cima ao cão a morder e esfocinhar as minhas ricas cuecas. 

Fiz um minuto de silêncio pela peça de lingerie, engoli uma lágrima guardando o luto para mais tarde e segui na tarefa de estender roupa.

Estava farta de estender roupa e já só faltavam umas peças pequeninas e finas (pois...mais cuecas). Peguei em 3 e juntei-as numa mola. Assim as levei ao estendal e as deixei cair no mesmo segundo.

Pronto, não podia evitar mais. Corri despenteada ao primeiro andar para a vizinha me safar algumas cuecas. 
O taradão do cão a ladrar fininho à porta. A vizinha afasta-o e pede-me que espere um bocadinho.

Entrega-me quatro pares de cuequinhas finas, rendadadas, do tipo que ela desaprova e aponta para as verdes: "estas o cão roeu".
A ordinária (que sou eu) agradece e volta para casa. Estende o resto da roupa (tudo miudezas) dentro de casa. Por hoje já mostrou roupa interior suficiente à vizinhança.

 

Sigam-me no Instagram - @maria_das_palavras e no Facebook aqui.

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D