Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

08
Mai17

Querida, crossfitei os miúdos.

Maria das Palavras

Amiga: Olha, o meu sobrinho a dar a sua primeira cambalhota. O meu irmão acabou de me enviar.

Maria: Que giro. Mas...cambalhota...ao Domingo? Onde é que ele está?

Amiga: Sim. Está numa festa de aniversário que é um ginásio para bebés.


Hein? Ginásio para bebés? Como festa?

agape.gif

 
Eu já me tinha apercebido que o antigo "juntar a família para um lanchinho simples, brincar e soprar as velas no fim" estava fora de moda nos aniversários de criança. Mas, aparentemente, agora, até alugar um espaço fancy, decorá-lo até ao teto com o desenho animado do momento e fazer cupcakes a condizer é tão 2016! 

Não bastava a loucura do exercício e das maratonas tomar conta de todos os adultos, agora os bebés também têm de ser fit?

 

7c59006461145f13ffd27874c0d64580.jpg

 

 

Do género: o palhaço e o mágico das festas infantis foram substituídos por um personal trainer e a Rosa Mota? O bolo virou papas de aveia? As gomas tornaram-se granola? Bebem batidos verdes em vez de sumos? As lembranças para os amiguinhos são voucher de desconto no Solinca? Oh céus, que cedo se perde a inocência na vida.

 

 

anigif_enhanced-27933-1393890037-1.gif

 


Festa no ginásio, minha gente? 'Tou fora. Seja criança ou adulto, não contem comigo para isso. É que já estou a ver isto a virar tendência junto dos mais crescidos também. Uma amiga, há uns anos, quis participar com o resto do grupinho na Corrida da Mulher em Cascais pelo seu dia de anos e levei a coisa como um caso isolado, de contágio controlado. Vejo agora que foi só o início de um fenómeno bastante mais grave a dar-se à escala mundial.

 

E se consigo compreender que a saúde no geral é uma boa tendência (comparando assim com...ténis de salto alto ou selfie sticks), pelamordedeus ao menos salvem-me as festas de aniversário!
Para onde vai a frase "é só hoje" relativa à facadinha na dieta se vamos substituir as celebrações por eventos para mexer o rabo?

 

O que se seguirá? Futebol de salão em vez de trocar prendas no Natal? Dia do bolinho ou pão por Deus em cycling - por cada 10 quilómetros recebes uma merenda de aveia? Aula de aeróbica na Páscoa (mexam-me esses ovinhos!)? Pensem nisto...E digam-me se é o que desejam para o vosso futuro.

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

03
Mai16

Maria vai ao Ginásio III

Maria das Palavras

Portanto, herdei a inscrição da minha irmã em Fevereiro. No Sábado passado pus os pés no ginásio pela terceira vez. A julgar pela experiência bem podem passar mais três meses sem lá pôr as unhas e entretanto acaba o período de fidelização. Fui a uma aula de cycling.
Eu devia ter desconfiado quando o Moço me disse para irmos à aula e como parte do discurso de motivação proferiu as seguintes palavras: se te sentires mal, não pares, é melhor pedalares devagar.

It's not that bad...

 
Eu tinha ouvido coisas divergentes sobre estas aulas de cycling. Há pessoas que dizem que é a morte em pedais e uma amiga em particular diz que é a sua aula favorita e não custa nada (apesar de se cansar sempre a subir as escadas do meu prédio), pelo que depreendo que ela não faz a aula corretamente. Estava preparada para tudo, mas sabia que o meu orgulho não me ia permitir desistir a meio, pelo que levava um olho a tremelicar. 

I'll push through it...

 

Eu percebi que a coisa ia correr mal logo quando estávamos de senha na mão, à espera de entrar na aula e havia uns rapazinhos a bater couro às meninas que iam para a aula, que estavam lá mais para a socialização que para o exercício. Mas mesmo empenhados na atividade esgotante que é a corte, nem por sombras consideravam ir à aula. Entretanto já passavam uns minutos da hora da aula e o instrutor não chegava. Perguntei ao Moço se havia toque de feriado e aí podíamos ir embora, mas ele disse que não era assim que funcionava.

 
Depois, quando efetivamente o instrutor chegou e entrou na sala sem acender as luzes pedi ao Moço que me confirmasse, por favor, que não íamos fazer uma aula a meia-luz, como se fosse um restaurante romântico. Devia ter comparando com uma discoteca. A música altíssima, daquela tipo txicabum e as luzes coloridas (juro). O instrutor no seu palco reduzido de microfone na boca a debitar frases motivacionais "vamos lá" e "última volta". MENTIROSO. Nunca era a última volta.

Eu até tinha previsto a parte da canseira, mas não tinha previsto que o pior sacríficio não seria rolar de pé, mas o puro e simples exercício de me sentar no selim. Ainda hoje me dói o rabo. E quando o instrutor repetia as frases que na terra dele deviam soar bem, mas na minha cabeça soavam a "sua fraca, se não consegues, vai-te embora daqui" eu juro que pedalava mais depressa só numa tentativa de arrancar a bicicleta do sítio e lhe passar por cima. 

tumblr_mcbrl5TxAK1r3holv.gif

 

Eu era claramente a iniciada. A fila da frente com as meninas todas orgulhosas, de costas direitas e rabo empinado: 

tumblr_nye8r3dVjc1qfahgfo1_500.gif

 

E eu, com uma tal de dor de rabo que já estava toda torcida e que só queria ver a morte de foice na mão a levar-me:

tumblr_mvphv8BrNq1ryd2w9o1_500.gif

 

Era suposto a aula ser de 50 minutos, mas creio que durou três vidas e um quarto. Quando acabou o instrutor pôs-se à porta a cumprimentar quem ia saindo com uma espécie de high five. Deve ter um fetiche por mãos suadas, só pode. Saí dali para o balneário rapidamente, juro que não demorei nada, mas quando lá cheguei - PUMBAS - já estão quatro ou cinco gajas todas nuas a abanicar- a púbis. Juro que já se deviam ir a despir pelo caminho, só pode. E pronto, foi isto. Pelo que oiço dizer, com a continuação deixa de custar tanto. Nunca saberei. É que nunca mais ponho lá os pés. Ou melhor, o rabo.

 

Posts sobre Friends em Mariadaspalavras.com

 

Maria vai ao Ginásio I - As reclamações da "primeira vez"

Maria vai ao Ginásio II - Quando vocês me lixaram

Maria vai ao Ginásio IV - Dance Local?...

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

18
Abr16

Descobri uma maneira eficaz de beber mais água.

Maria das Palavras

Mas é capaz de não ser muito recomendável...Pois bem, o método é: comer muitas bolachas. Ganho sede num instantinho. Quanto mais bolachas como, mais água bebo. Dificuldade a chegar ao litro e meio assistido por três pacotes de bolacha diários: zero. O que acham? Estou no bom caminho?

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

subscrever feeds