Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

04
Mai17

Estou furiosa! Para lá de ofendida!

Maria das Palavras

Então não é que me enviam por email a oportunidade de receber uma amostra (e partilhar essa oferta convosco) de um creme de REJUVENESCIMENTO DA PELE!! REJUVENESCIMENTO. Genteee, eu tenho 30 anos, não podia estar mais fresca e fofa (não fosse esta febre que agora me assolou...e uns poros chatos...e a pele oleosa para combinar com o cabelo). Euzinha? Esta fonte da juventude inesgotável, na flor de idade. Os 30 são os novos dez! Penso que nunca na vida usei a palavra piúrsa. Aí está ela: estou piúrsa. Isso e acho que grátis até injeção na testa e portanto mandei vir a amostra. Que uma 'ssoa tem de se tratar em antecipação, né? 

Pronto, se também quiserem uma é só clicarem na imagem. E eu nem  vos chamo cotas. Mas só porque também vou experimentar.

Uma dica: têm de clicar na lupa depois de inserirem o código postal. São só 25.000 amostras, espero que ainda vão a tempo, que eu para consultar o email ando uma desleixada. 

 


Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

21
Nov14

Não há almoços grátis

Maria das Palavras

Odeio esta expressão, por mais que seja verdadeira em 97.5% dos casos.
Paga-se um almoço a um parceiro para otimizar o acordo. 
Paga-se o almoço a um amigo para lhe pedir ou pagar um favor ou agradecer uma ajuda.
Paga-se o almoço à miúda em busca de tu-sabes-bem-o-quê.
Paga-se um almoço ao vizinho porque no outro dia ele nos pagou a nós.

 

Olho por olho, dentro por dente - filosofia execrável. 
Percebo a parte da troca em nome de um bem comum (respeito e uso, não minto). Mas não posso com a obrigatoriedade. A mesquinhez do ele-deu-por-isso-agora-é-a-tua-vez. O "não há almoços grátis" - adoro oferecer "almoços" sem esperar nada em troca e portanto também assumo que me façam bem sem olhar a recompensas.

Isto para dizer que hoje ia a subir as escadas do metro e uma senhora estava lá no cimo com um carrinho de bebé. Nem estava particularmente atrapalhada, mas o rapaz à minha frente prontificou-se para ajudá-la a trazer o carrinho para baixo. E eu pensei: este é dos outros 2.5%. [A não ser que depois tenha pedido à mulher para lhe carregar o passe.]

Escadas do Metro - Não há almoços grátis | Maria das Palavras

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

subscrever feeds