Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

25
Out15

Isto ou aquilo #3

Maria das Palavras

Está na hora de mais um dilema profundo da rubrica Isto ou Aquilo, inspirada naqueles moços desengraçados e pouco conhecidos da Nêspera. Preparados? Ora escolham o que preferiam e não se esqueçam de justificar.

a) Terem a vosso cargo dos 0 aos 18 anos de idade, vinte e cinco crianças. Não precisam de trabalhar, o estado encarrega-se de vos providenciar o essencial: casa, comida, brinquedos, material para providenciar educação, roupa, calçado e dinheiro para algum entretenimento. Mas são vocês e vinte cinco crianças, todas da mesma idade, até atingirem a maioridade. Por 18 longos anos. Sem chance de contratar baby-sitter ou empregada e, em idade própria, frequentam a escola, sem ficarem por lá horas extra. Depois acaba, a vida volta ao normal.

 

25 Bebés - Maria das Palavras (imagem Pixabay)

 

b) Viver em isolamento numa casa para o resto da vida. Não precisam trabalhar, pois a casa, utilidades e os essenciais de sobrevivência são assegurados pela mesma entidade que vos pagaria para tomarem conta das crianças. Têm internet, mas podem fazer tudo com ela à exceção de comunicar com alguém, seja de que forma for. Podem ver TV, comer o que vos apetecer (podem pedir coisas online, seja o que for, desde que não comuniquem com ninguém), andar nus pela casa, ler livros, levar a cabo projetos...desde que no recato de uma casa, confortável, com tudo o que desejarem, mas de onde não se vê vivalma pelas janelas e sem portas abertas.

 

Home Alone

 

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

11
Jun15

Isto ou aquilo #2

Maria das Palavras

Depois do sucesso estonteante da primeira edição do Isto ou Aquilo, e a pedido de muitas famílias (ok, foi só o Bruno), eis que volto a  dar-vos a volta à cabeça com um rebuscado dilema, bem ao género da Nêspera. Vamos lá: o que preferiam e porquê?

a) Todos os dias serem entalados por uma ratoeira. Ou seja, acordam e mesmo antes do pequeno-almoço há uma ratoeira agressiva, um palmo de tamanho, que se fecha sobre uma parte de vós. Vai calhar nos dedos das mãos, dos pés, no nariz e qualquer tipo de pendurezas em que se possa agarrar (sim, todas as pendurezas). Vocês não controlam onde ela se fecha, só sabem que vai doer e que todos os dias ao acordar passam por esse ritual. 

Ratoeira

OU

 

b) Uma vez na vida apenas terem de dar uma palestra no Pavilhão Atlântico, onde está toda a gente que vocês conhecem (desde a esfera profissional, à familiar, incluindo a vossa professora da primária e a ex do/a vosso/a namorado/a). A palestra é sobre gorilas e algures durante a mesma terão de se despir completamente em palco e agir como um primata (da forma humilhante que estão a imaginar: saltar de cócoras, bater no peito, catar piolhos, atirar fezes...tudo de rabo ao léu). Tudo a rir e a tirar fotos para as redes sociais.

 

 

Gorilla throws poop at people

 

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

30
Abr15

Isto ou aquilo #1

Maria das Palavras

Estava mortinha para lançar esta rubrica doente, descaradamente roubada inspirada nesse sucesso das mentes pérfidas que é a Nêspera no Cu. Markl e Cia incentivam as pessoas a jogar entre amigos, portanto não vejo porque não jogar aqui no blog. Só preciso que sejam tão retorcidos como eu. Vamos a isto? Só têm de dizer o que preferem e, de preferência, explicar (começamos com uma levezinha):

 

a) Terem dois coelhos anões de estimação que vão sempre com vocês para todo lado e estão sempre em cima de vocês: nos ombros, em cima da cabeça, presos pelas unhas à cintura...a vida toda: a dormir, a trabalhar, em reuniões, a namorar, no cinema, sempre. E além de serem incómodos, arranham bastante.

 

Dois coelhos anões

 

OU

 

b) Morarem o resto da vida numa casa de aspeto normal mas sem portas nem janelas, num piso térreo no meio da cidade. Sabem que ninguém entra sem a vossa autorização e portanto ninguém pode assaltar-vos, mas toda a gente que passe pode espreitar lá para dentro. E há sempre gente a espreitar. A Teresa Guilherme está sempre à janela da vossa casa de banho. Mas fora de casa, tudo normal.

 

building-148837_640.png

 

[Vamos lá ver no que dá isto.]

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

31
Mar15

Sexo ou comida?

Maria das Palavras

Li este artigo no Observador que começa por falar em homens que preferem sexo a comida, mas depois desvia a conversa para vermes. Ou seja, eles testaram vermes para tirar conclusões sobre homens e isso diz-me que o estudo foi feito por uma mulher de coração desfeito.

 

Obervador: Homens preferem sexo a comida

 

A minha curiosidade vai mais longe: quero tirar conclusões diretamente da amostra de homens e mulheres que por aqui passam.

Portanto, preferiam:

 

a) Fonte de (bom) sexo garantida até ao fim da vida, mas nunca mais ingeriam comida (a sobrevivência era assegurada através comprimidos, por exemplo)

b) Comer tudo do bom e do melhor até ao fim da vida sem risco de engordar ou prejudicar a vossa saúde, mas fornicação never more.

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D