Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

09
Abr18

Os 1001 cremes de Maria.

Maria das Palavras

Há pouco mais de um ano atrás até o creme hidratante era coisa para besuntar dia-sim, dia-não, dia-também-não, apesar de claramente a minha pele, que nunca foi espetacular, precisar de cuidados. Depois aconteceram várias coisas: umas férias de muito sol que me deram cabo da pele, idas à dermatologista, vlogs de maquilhagem e afins. Hoje em dia, uso no curso das 24 horas mais produtos do que talvez tinha usado no acumulados dos 30 anos anteriores. Dir-se-ia que é o medo do peso da idade. Mas não tem nada a ver com medo. Ao contrário: tem a ver com gostar de mim cada vez mais. Pois comecemos o desfile, lembrando que não só o que uso não será adequado a toda a gente (depende das características da vossa pele), como ainda que estou a experimentar com tentativa e erro, em muitos casos, para descobrir o que realmente funciona para mim, sendo que a minha formação no assunto é zero. 

 

1. Manhãs: lavar e besuntar

 

SAPO BlogsCuidados Matinais - Maria das Palavras

 

É só ridículo como eu uso isto tudo nos 45 minutos que me servem para sair de casa. Vou usando um de cada vez enquanto alterno com outras atividades: vestir, secar cabelo, etc. Se mo dissessem há um ano atrás, ria-me até doer a barriga. O primeiro, Vichy Normaderm, para lavar a cara, uso dentro do banho. É adequado para peles oleosas, como a minha, com borbulhicas teimosas. A seguir uso o tónico da Clinique que, noto sim, faz muita diferença para a minha pele se manter sem brilhos até ao final do dia. Depois uso uma essência e um sérum (só porque a Camila Coelho disse que trabalham melhor em conjunto) adequados aos meus probleminhas de pigmentação. De manhã, não adiciono nenhum creme hidratante, visto que a pele é oleosa e o sérum chega. Por fim uso o protetor solar da Isdin (dos bons, deu-me a doutora) e este tem cor, de forma que já me dá um arzinho uniforme à pele. Por fim, se me for maquilhar, uso a tal da famosa água de beleza da Caudalie que considero que tem um cheiro horrível a medicamento, mas efetivamente vejo diferenças na pele quando a uso (hidrata sem nenhuma oleosidade e ajuda a fixar e manter a maquilhagem mais natural).

 

2. Fim da tarde: desmaquilhar e desintoxicar

 

Desmaquilhar - Maria das Palavras

 

Assim que chego a casa - porque se deixar a preguiça instalar-se já só lá vou com toalhitas ou durmo mesmo de cara suja - começo a tirar o lixo da cara. Se usar maquilhagem começo pelo Clinique Take the Day Off que é só milagroso. Derrete toda a maquilhagem ou sujidade da poluição das ruas. É caro, já falei dele, mas ainda tenho o mesmo desde há meses, portanto dura muuuito. A seguir passo uma das águas micelares para terminar a limpeza. Sendo que já ouvi dizer que não se deve usar água micelar sem limpar a seguir com água termal ou tépida da torneira, pelo que tenho feito isso ultimamente. 

 

Depois volto a usar a loção da Clinique porque diz que é para botar duas vezes ao dia e eu sou bem mandada. 


3. Noite: hidratar

 

Hidratar e Tratar - Maria das Palavras

 

Às vezes logo a seguir, para não perder balanço, passo um destes três para hidratar e corrigir os problemas da minha pele, na esperança que as fadinhas trabalhem durante a noite. Notem que hoje em dia só uso marcas de farmácia quando antes era o que houvesse no supermercado. Meio porque uma 'ssoa acredita mais nos resultados quando a etiqueta tem um nome mais snob, meio porque se pagar mais um bocadinho obrigo-me mais a usar em vez de desperdiçar. 

 

4. Extra, extra!

Cuidados Extra - Maria das Palavras

 

Quando tenho paciência, duas ou três vezes por semana dou um carinho extra à pele. Já vos falei que ando um bocado tarada por máscaras. Seja um máscara de hidratação, para pontos negros, de exfoliação, ou daquelas tirinhas de colar ao nariz para depois ficar fascinada a olhar para a porcaria que se tinha nas crateras da pele. Estas três são as mais recentes aquisições, apesar de ainda não ter percebido se resultam (aliás, alguém sabe se as máscaras resultam ou são só uma espécie de placebos para nos sentirmos bem?). A da Tony Moly achei graça porque além de parecer um brinquedo para o banho só tem de se aplicar por 3 minutos ou até fazer bolhas. O exfoliante de pipino é a coisinha que todas as vloggers andam a ser pagas pela L'Oreal para falar, mas como precisava de um, cá está a tentativa. A outra são umas dessas tiras do nariz para sugar pontos negros que só por acaso usei hoje e me parece que deitei 4€ à rua porque aquilo secou tudo e tive de esfolar a pele para tirar. 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

11
Set17

A Louca das Máscaras e a Reação do Moço

Maria das Palavras

A louca das máscaras - Maria das Palavras

 

Creio que a minha paixão por máscaras cresceu com o meu sentimento de culpa: nem sempre usos os cremes, nem sempre limpo a pele, nem sempre faço limpezas profissionais como devia (bem me lembro do último trauma) então de vez em quando pego em mim e uso uma máscara. Não das de Carnaval, embora o moço pudesse apreciar uma enfermeirinha, mas mesmo das de pele.

 

Essa bonita foto, mostra as que moram cá em casa agora (mentira, tirei-a no Sábado e logo a seguir usei a de lábios e uma de olhos). Acho que nunca tinha tido tantas acumuladas, mas agora que tenho voltado a fazer mais compras ao vivo em vez de online, sempre que passo por elas no limiar do supermercado parece que as oiço num canto de sereia. 


A maior parte é do Continente, aquela do frasco pretinho quente e frio é da Sephora, uma é da Primark e as úlimas são de uma promoção da KIKO. Todas sem exceção são compras por impulso. Aquela vozinha da consciência no ombro diz-me:devias tratar bem da tua pele. A do outro ombro responde: resolve isso com uma máscara de vez em quando e ficas despachada. 

 

Claro que não chega, mas ajuda. Escolho exfoliantes e purificantes por causa dos meus poros que parecem o poço que o meu avô tinha no quintal, mas também tenho hidratantes (compensando a outra parte da culpa: a vozinha de um ombro diz que tenho de beber mais água e a vozinha marota do outro diz para acachapar uma máscara hidratante na face que custa menos). Se fazem alguma coisa? Não sei...mal não hão-de fazer. Sei que quando acabo de seguir as instruções e retiro a folha, o creme, o grumo, a pele está super sedosa. A longo termo? Deve ajudar, mas não tenho provas. 

 

Gosto mais de aplicar as de papelinho encharcado - preguiça dentro de preguiça - porque dão menos trabalho: abro a embalagem e pespego a toalhinha húmida ao rosto pelo tempo indicado. Mas creio que noto mais efeito (pelo menos imediato) na pele quando uso as outras, de besuntar e retirar com mais calma. 


E o Moço não se assusta com essa bonita figura? Não goza contigo por ficares a parecer um texugo? 

Ora bem, lido lindamente com essa questão. Faço quando ele não está por perto. OU obrigo-o a fazer também - pelo menos no pedaço de cara que a barba deixa sobrar. E que homem ia gozar com a namorada, se ela puder dizer aos amigos que ele faz máscaras de beleza em casa?


Ele, sem admitir, adora. E eu também gosto - sinto que estou a brincar às bonecas. 

 

 

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

17
Fev15

Estou mascarada de Blogger IN

Maria das Palavras

mascara-veneza-com-lantejola.jpg

Xuxus, hoje comi meio iogurte natural ao pequeno almoço com uma colher de chá de sementes desidratadas de sésamo que me deixou cheia que nem um pote. Tive logo de ir correr 54km para ver se me passava tal bucha. Fiquei morta, não aguento mais. Amanhã corro 60.

Mascarei os meus 23 filhos e mandei-os a cavalo para a escola, montados nos nossos huskies de raça pura. Têm todos nomes de cocktails. Depois passei o resto da manhã a pôr o hidratante para a cara, o leite de limpeza para a cara, o exfoliante para a cara, o creme para a cara, o dos cotovelos, o dos papos dos olhos, o do lóbulo da orelha, o do umbigo e o da auréola da mama. Maquilhei-me, vesti um trapinho da Max&Co, artilhei-me com Swarovski e calcei uns Manolo para começar o meu dia em grande. Como já estava muito cheia do meio iogurte do pequeno almoço, almocei uma saladinha com sumo de courgette. Foi estranho, porque o sumo vinha muito quente e o senhor chamou-lhe "sopa".

Agora vou passar a tarde em sessões de autógrafos, sessões fotográficas, sessões de spa e sessões de estreia de cinema. Mais logo, quem adivinha? Sushizadaaaaa. 

Agora vim só aqui publicar uns comentários, censurar outros e deixar uma palavrinha aos meus unicórnios. Ta taa.

 

[Um beijinho a todas as bloggers in. Como se nota, devoro-vos (salvo seja). Ser invejosa é tão OUT.]

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D