Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

28
Jan16

Sobre a coerência

Maria das Palavras

Também não suporto ver casalinhos a combinar a gravata dele com a cor do vestido dela em casamentos. Mas faço questão de combinar sempre a minha roupa interior uma peça com a outra e com as exteriores. Também combino a cor das molas com a roupa que estendo e uma com a outra. Portanto talvez não seja a pessoa certa para dar lições. 

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

05
Jul14

Maria das Palavras

Maria das Palavras

Não sou Maria-vai-com-as-outras. Sempre fui do contra, aliás. Sou Sportinguista numa família de benfiquistas, mesmo não tendo idade suficiente para ter visto o Sporting ganhar mais que um par de campeonatos. Portanto não tenho desculpa nenhuma para ser Sportinguista senão o facto de ser do contra.

Ser Maria, neste blog, é até contraditório - contra mim, desta vez. Mas é precisamente porque aqui sou uma de muitas.

Uma blogger num mar de bloggers. Uma mulher num mar de mulheres. Uma apaixonada pelas palavras, sobretudo, por entre tantos que se exprimem de uma forma deliciosa, usando apenas letras desenhadas num ecrã.

 

Sempre fui tão racional que esta minha paixão por palavras nunca conviveu bem com o resto da minha vida. Por isso, ao escrever uma carta sentida a alguém, ao revelar um poema, ao adaptar uma letra de música a pedido, quase sempre quem lia, se surpreendia. Quem é esta Maria das Palavras que vive dentro da moça ponderada, analítica, pés-na-terra que todos conhecem?

 

É a mesma que queria ser professora e escritora, ainda muito menina. Uma menina que ficou para trás e deu lugar a uma mulher responsável, bem sucedida, pragmática, sem tempo para hobbies sem valor.

Como se o único tipo de valor se traduzisse em dinheiro.  

 

A Maria-pragmática apaixonou-se. Deu palavras a um homem que nunca tinha dado a ninguém. E recebeu-as de volta. E lembrou-se do valor que sempre soube que as palavras tinham. Lembrou-se que sempre fora uma Maria das Palavras. E que talvez fosse tempo de a re-descobrir.

 

 


[A Maria das palavras aparentemente deslizou para a terceira pessoa. Vou corrigir, sim? Não sou o Jardel, eu sei.]

 

 

 

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

subscrever feeds