Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

07
Jan16

O que é o amor?

Maria das Palavras

O que é o amor? - Maria das Palavras (imagem Pixabay)

 

Em 2015 foi esta uma das expressões mais pesquisadas em português. O que é o amor.

 

Como se o Google estivesse habilitado a falar de coisas que só se sentem. Ou fazer-nos chegar a algum texto que seja mais que palavras formadas por letras, formadas por traços, formadas por pontos minúsculos, pixels incapazes de conter o significado necessário. Como se alguma definição, qualquer fogo que arde sem se ver, pudesse explicar o que não tem explicação. O amor é isso: mais que palavras.

Como se houvesse gestos que denunciassem, identificadores sem confusão, ações que expressam inconfundivelmente o mais nobre dos sentimentos. O amor é isso: mais que ações.

Como se houvesse uma fórmula de troca, como no início do mercantilismo. Se eu te der isto e tu me deres aquilo e divirmos o outro, sem reembolso nem devolução a 30 dias, é amor? Não é, nem pode ser. Nada se exige ou pede ou espera, simplesmente está lá. Dá-se porque não se consegue guardar, recebe-se de braços abertos. Sem obrigação. Sem limites. Sem contar. O amor é isso: mais que partilha. 

Como se pudessemos pesquisar o amor sem pesquisar sobre saúde e dinheiro e coisas práticas como o que é o jantar.  Fingir, como dizia o outro, que o amor é uma coisa e a vida é outra - mas não é. O amor também é decidir quem descasca as batatas. O amor é isso: mais que um sentimento.

Como se se pudesse traçar com um marcador, pintar dentro do risco. Este desenho agora contém o sentimento e se ficarmos sempre cá dentro, seremos felizes. Só que não. O amor é isso: mais que perfeição. 

 

O amor é isso: mais que tudo. 

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

24
Set15

Chegou cá alguém #7

Maria das Palavras

Como sabem - e não sou caso único - desde o início do blog que gosto de espreitar como é que as pessoas chegam do Google aqui ao blog. Apoquentam-me particularmente as pessoas que vêm ao engano e vêem as suas expetativas goradas. Gosto de servir bem quem cá chega e portanto aqui seguem algumas respostas a pesquisas feitas.

 

Pesquisa Google

 

"bife tartaro receita"
Gosto pouco que me acusem de não saber cozinhar a carne. Mas aqui vai um link para isso.

"e se tivesses que dizer amo te numa so palavra"
Em reparando bem, "amo-te" já é só uma palavra e portanto não há necessidade de inventar, nem nenhuma outra lhe faz tão bem a vez.


"pequeno-almoço favorito das mulheres"
Pois bem, rapaz, se estás a assumir que todas as mulheres gostam de comer exatamente a mesma coisa de manhã, tens um problema bem maior do que julgas. Somos todas diferentes (juro!) e temos gostos próprios. Até há - e isto até a mim me espanta - mulheres que não gostam de Nutella. Na prática umas panquecas ou um croissant com sumo de laranja natural fazem o truque, mas se ela for fit só quer aveia com mirtilos e sementes e estragaste tudo a seguir a minha sugestão. Então a minha sugestão é: conversem. Conhece-a. E depois surpreende-a, de acordo com os gostos dela.

"pequenas palavras para colocar na porta de entrada de casa"
Não assaltar. Gente doida. Se for para pedir dinheiro dá meia volta. Chega?

"porca leva asento"
Se encontrares uma porca que se saiba sentar, pode levar. Isto admitindo que querias dizer "assento".
Se querias dizer "acento" e o "porca" era para insultar alguém, proponho que revejas as tuas capacidades ortográficas antes de partires para o ataque, ou pode sair-te o tiro pela culatra (não, culatra não é o teu traseiro). 

"quem inventou o gira discos"
Emile Berliner, diz-me esta fonte. Um alemão, naturalizado americano.

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

18
Nov14

Serviço Público: Pesquisa por Imagens

Maria das Palavras

Como a Pplware bem lembrou há mais vida no Google que a pesquisa básica e o email.
E para mim uma das ferramentas bem úteis e que muita gente não conhece é a pesquisa por imagens. Não estou a falar de se procurar uma imagem de qualquer coisa. Mas de se ter uma imagem e não fazer ideia de onde ela vem e onde ela está.

Por exemplo, é útil:
1. Ao ver uma peça de roupa linda que é partilhada por alguém, mas não tem fonte ou loja onde comprar. Também a podemos ter guardado há muito tempo porque gostávamos da peça de roupa e ja não fazemos ideia de onde era.

2. Ao ver um produto qualquer (outro) que nem sabemos bem como se chama (e não dá para pesquisar por texto "eletrodomestico arredondado assim com botoes alaranjados e que se usa para cortar cenouras em rodelas grossas" e chegar lá na pesquisa normal), só temos a sua imagem.

3. Ver uma paisagem linda, querer visitar esse local, mas nem fazer ideia a que país pertence.

 

Para todos esses casos e muitos outros que agora de repente não me ocorrem existe o Google Images: https://www.google.com/imghp

Image Search Google

Basta colocar um URL da imagem que vimos algures na Internet sem fonte - ou mesmo fazer upload do nosso computador dessa mesma imagem nesta bonita página (vá, é praticamente igual à da pesquisa normal). E o Google devolve resultados com todos os sítios [que apanha] em que essa foto está publicada. Et voilá. Chegam à informação que querem.

Pesquisa por patins - Google Image Search

De nada.

 

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

05
Nov14

Chegou cá alguém #3

Maria das Palavras

...a pesquisar por "ele quer que faça sexo com outro".

We should see other people - Meme

Diabos me levem se entendo porque é que o Google te traria até mim com essa questão. Vamos dizer que o Google pensou: esta gaja tem a mania que sabe tudo, vamos ver se ajuda esta moça (ou moço, as respostas aplicam-se a ambos).

 

Estás com sorte porque tenho mesmo essa mania (entre outras) e respondo já que isso só pode querer dizer uma de duas coisas:

 

a) Se não é teu namorado/marido/parceiro fixo está-te a dizer: desampara-me a loja! Vai chatear outro ou vem cá de vez em quando mas não me moas o juízo a achar que tenho de te dar atenção - e não faz mal porque há sempre alguém melhor a quem chatear (alguém que, na volta, naem acha que chateamos, acha que somos perfeitas).

 

b) Se é teu namorado/marido/parceiro fixo quer carta verde para também ter um pouco de vadiagem (se é que não vadiou já e quer livrar-se da culpa - ou não quer que o possas culpar). Pura projeção. E aí é contigo. Se estão os dois de acordo, colocam mais uns pratos no menu (protejam-se, sim?). Se não te interessa diria que deves voltar ao Google e procurar "onde arranjar namorado monogâmico". Que isso do "poliamor" não é para todos.

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

27
Out14

Chegou cá alguém #1

Maria das Palavras

...que pesquisou no Google por "porquê que muita gente naõ gostam de ler". 

Livros - Maria das Palavras

Meu querido ou minha querida, a causa não sei. Mas a consequência está à vista.

De acordo com a minha teoria aqui exposta, todos gostamos - embora às vezes possamos ficar um pouco perdidos e não saber bem por onde começar. O que sugiro é que continues a pesquisar ou peças ajuda a alguém que te aconselhe, até chegares ao livro que gostas. Qualquer coisa, envia mail para mim, sim?

Um beijinho,

Maria

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D