Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

30
Ago17

Do contra, pois claro.

Maria das Palavras

A maior parte das pessoas tem dificuldade em adormecer porque começa a pensar nos afazeres e preocupações assim que pousa a cabeça na almofada. Eu encosto-me e adormeço em 16 segundos. Depois acordo mais cedo do que seria preciso e começo a remoer em tudo e um par de botas, quando podia descansar mais um pouco.

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

01
Jul16

A teoria da acumulação de sonos.

Maria das Palavras

O Moço acha que a melhor técnica para se "sobreviver" a uma noite de direta (forçada) entre dois dias de pouco descanso é a de nos irmos gradualmente deitando mais tarde. Eu acho que devíamos acumular sonos nas semanas anteriores. Ele diz que isso é parvo e a acumulação de sonos é um mito. Eu voluntario-me como rato de laboratório para qualquer cientista que queira fazer a experiência (só a parte de dormir e fazer testes ao sangue ou TAC's, não me voluntario para diretas).

Teorias por aí? Truques e dicas que não envolvam palitos a agarrar as pálpebras? Era meio que muito importante. Meio que tenho a certeza que não consigo sobreviver. Nunca fui um ser da noite e acho que não estou para começar aos trinta.

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

20
Fev15

Episódios Noturnos

Maria das Palavras

Ou, a história de uma dor de dentes

Acordei a meio da noite e a princípio não percebi bem porquê. Depois comecei a senti-la. A dor que não mata, mas mói. Ali no dentinho de trás. Já passa. Só que não. Nunca na vida tinha tido uma dor de dentes assim: que não passasse em segundos. 

As coisas que me fazem levantar durante a noite são só duas: nada e coisa nenhuma. Nem para beber água por muita sede que tenha, nem para comer, nem para salvar uma espécie em vias de extinção na Patagónia. Mas o Moço satisfez-se, quando praí uma hora depois de ter acordado, eu, louca de sono, mas sem conseguir dormir, anunciei: vou beber água.

 

Pesquisa: como aliviar dor de dentes.

Passei a lista toda até onde dizia para tomar um analgésico e emborquei logo um ben-u-ron. Odeio tomar drogas por pouco ou nada, mas quem mexe com o meu sono, mexe com a minha vida e o sacana do dente estava a testar-me os limites.

A droga só ia bater daí a um bocado mas eu queria alívio imediato, reli a lista de sugestões com mais atenção:

 

1) Usar chá de jambu para bochechar. Percebi logo. Foi o karma, por causa deste post. Nem sei o que é jambu quanto mais tê-lo em casa. A sugestão "colocar gotas de óleo de cravinho", a mesma coisa.

 

2) Lavar os dentes e passar fio dentário. Ok. Nada.

 

3) Massajar com gelo. O gelo era frio (a surpresa!!), grande (não cabia ao fundo da boca, onde me doía o dente) e sabia mal. Dos 15 minutos que era suposto encostar o dito cujo ao dente, consegui cerca de 15 segundos,. Não funcionou. Já tinham adivinhado, não já?

 

4) Bochechar com água morna e sal grosso. Uiii...Receitas para executar às 4 da matina? Parece-me complicado (sim, sou um bicho estranho e molengoso durante a noite).

 

5) Bochechar com whisky. Considerei com muito, muito carinho. Mas pensei que aí sim, acordaria o Moço com o meu bafo. Afastei-me da garrafa, com o ar esgazeado de um alcoólico.

 

De maneiras que voltei para a cama e tentei dormir sobre o assunto, enquanto pensava que seria muito simpático que um dos zombies do Walking Dead (que tinha estado a ver) me trincasse aquele bocado da cara. Rebolei muito na cama (not in a good way) porque só me apetecia estar na posição em que o dente ficava pressionado contra a almofada (clarooooo....). E quando finalmente adormeci, estava na hora de acordar. 

 

Bom dia pessoal!

 

q0964w.jpg

 

PS: O meu dentista do coração (é expressão, ele trata mesmo é dos dentes) está longe, em Leiria. Suponho que ninguém tem um bom e barato para recomendar, aqui pela capital? Parece-me que está na hora da visita anual e ir à terrinha fica-me cada vez mais fora de mão...

 

Sigam-me no Instagram @maria_das_palavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

subscrever feeds