Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

27
Jan17

Como correu a tua semana, Maria?

Maria das Palavras

Deixem-me contar-vos isto. Juro que tem um propósito. Desde a adolescência que a minha cara é molestada por borbulhas. Nunca tive acne daquele agressivo, mas tenho a pele oleosa com tendência à borbulhagem (desculpem as imagens mentais, não é tão mau como soa) sobretudo em determinadas alturas do mês (women will know) e em alturas de stress.


Desde há praí meio ano que consegui bater esta tendência (abençoados 30). Finalmente encontrei uma rotina simples de limpeza da pele que RESULTA comigo. O problema nunca foram tanto os produtos, era mais a minha fidelização a processos morosos. Mas talvez também os produtos, porque os usava por um par de semanas, mas depois sem ver logo resultados desanimava e pronto - rotina de limpeza pró beléléu.

Assim sendo, há meses que não tenho borbulhas evidentes. Esta semana? Tenho o Vesúvio em erupção no buço (volto a pedir desculpa pela imagem mental). E não é essa altura do mês. Isto só para saberem como foi a minha semana. Quase irónico, para quem começou a segunda-feira com uma afirmação arrojada.

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

26
Jan17

25 / 66 Dias sem Porcarias

Maria das Palavras

Eu sei que os gregos são iogurtes mais gordos. Mas gregos, mesmo mais gordos, não chegam a ser tostas mistas a escorrer manteiga (não contam como porcaria, ok? Portanto só vos digo isto: Gregos de Maracujá do Continente. Por esta descoberta, já valeram a pena os primeiros 25 dias de sacrifício (ou não, ou não...).

P.S.: Tio Belmiro, vai um patrocínio?

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

26
Jan17

Passatempo Dia dos Namorados '17

Maria das Palavras

PASSATEMPO DIA DOS NAMORADOS | Maria das Palavras


Como todos sabemos o Dia dos Namorados é uma época consumista em que as lojas se aproveitam dos sentimentos das pessoas para as pressionar a gastar dinheiro. Como todos sabemos, adoramos isso. Quer dizer, sobretudo se pudermos dar uma prenda onde também possamos ganhar alguma coisa com isso (como quando os homens oferecem lingerie sexy às namoradas ou a prenda é um pack de experiências a dois). Já é de antes da parceria que digo que isto é das melhores prendas que se podem dar ou receber e a personalização cada vez maior que se tem vindo a fazer nos packs e vouchers Odisseias ainda mais me cativa. Para esta ocasião a Odisseias criou os packs: “Tu E Eu”, “Obrigado”, “Gosto de Ti”, “Love”, “Momentos Inesquecíveis”, “Amo-te”, “Ninguém Como Tu”, “Amor, Vamos!” e “Inspira-te”.

Packs Dias dos Namorados - Odisseias

Claro que eu sou do contra e portanto em vez de um desses, tenho para vos oferecer um pack SURPRESA (vejam aqui o que inclui) + uma caneca Laroom que mostra os dois lado do amor, digo eu (é fofinha, mas não deixa de ser um monstro...ehehe). Isto porque o dia dos namorados também pode ser para mimar outra pessoa na nossa vida, mesmo um amigo ou familiar - ou a nós mesmos. E não quero que este passatempo seja exclusivo para quem já encontrou a sua metade da laranja. A caneca veio da Zori, o shopping online Odisseias, que também está com uma seleção especial de descontos para o dia dos lovebirds - e fica a dica, se querem mandar vir de lá alguma coisa (da Zori) a tempo de 14 de Fevereiro, façam-no já, porque geralmente demora um pouco. Para quem já só lê isto a 13 de Fevereiro, os vouchers comprados online com mensagem personalizadas são imediatos e dentro de um postal (comprado ou improvisado) faz as delícias de qualquer alma. 

 

 

Passatempo Maria das Palavras | Dia dos Namorados 2017


Então o que precisam de fazer para ganhar? Simples: 

1. Façam like nas páginas de Facebook Maria das Palavras (esta) e Odisseias (esta)
2. Façam like neste post de Facebook e identifiquem um amigo (ou mais) que também gostasse de participar
3. Entrem nesta página e digam nos comentários do blog aqui neste post (ou no Facebook, se não conseguirem aqui) qual a vossa experiência favorita dentro de Pack SURPRESA (como são 500 peço já desculpa pela trabalheira)
4. Preencham o formulário abaixo (ou aqui)

 

Façam tudo até 5 de Fevereiro e rezem com muita força para que o Random.org selecione a vossa participação a 6 de Fevereiro. O vencedor será contactado para o email deixado no formulário e anunciado no post do passatempo no Facebook, bem como atualizado aqui (na área do formulário). Para receber o pack a tempo do Dia dos Namorados (e mesmo assim temos de contar com a benção dos CTT) devem responder ao meu email no próprio dia com a morada e nome completo, ok? Senão no dia 7 faço novo sorteio. Senão...fico eu com o pack e vou a mais uma massagem de luxo com o Moço...

 

Boa sorte a todos! E muito amor (próprio) 💜

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

26
Jan17

Como quem não diz nada e diz tudo.

Maria das Palavras

Enquanto o mundo tropeça, tento entusiasmar-me com as vitórias recentes de quem me é caro e com os planos para dias que já não vêm tão longe que não se alcancem com a vista. Espero saber sempre ver como as coisas pequenas são maiores que as grandes, mesmo que a semântica da frase esteja bêbada. 

 

Screenshot_2017-01-18-21-45-24.png

 

Este fim-de-semana, por exemplo, vamos a Sintra. Cometi a proeza de incentivar o Moço a deixar o carro quieto e usarmos o comboio, partir à aventura de mochila já que a estadia é tão curta quanto um dia a passar para o outro e a viagem não demora. E esse detalhe que até me vai custar nas pernas (e provavelmente na paciência), faz-me feliz. Quase que adivinho o arrependimento, mas não me importo.

 

E tive outra ideia, coisa de ser tonta e irrequieta e me darem vontades de experimentar coisas e não conseguir esperar. Esta tem a ver com o blog. Ocorreu-me num impulso. Quem sabe não achem graça nenhuma. Quem sabe até gostem. Mas que tento, lá isso, já ninguém me tira. 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

25
Jan17

Ser profundamente otimista.

Maria das Palavras

Portanto vão 23 dias sem comer qualquer tipo de doce, comida processada, gorduras saturadas, fritos, gelados...meu Deus, GELADOS. Vou para experimentar um par de calças que ainda há uns meses me serviam (ou serão anos e eu tenho roupa a mais e nem tenho dado por elas?) e não passam desta anca de parideira (sem filhos). É que nem com exercícios de ioga ou manteiga aquecida a escorrer nas dobradiças. Não passam.  

 

Agora tenho duas opções. 

 

a) Choro baba e ranho enquanto ligo para a telepizza (carbonara extra queijo com pepperoni em vez de cogumelos, faxabor).

b) Convenço-me que preciso mesmo é de arranjar uns modelitos novos. Sendo otimista: é a oportunidade perfeita para ir às compras.

 

Não sei se já vos disse que esta blogger malfadada, pouco merecedora desse epíteto, nunca na vida teve calças da marca em questão (se clicarem nas imagens, lá chegarão). Mas como ganhei uma paixão assolapada e inexplicável pelo modelo do meio (para não dizer por estes três), o qual apelidei carinhosamente de Floribella Wannabe, creio que vou usar o dinheiro que ando a poupar em batatas fritas (provavelmente não chega, já viram o preço logo dessas?), para me dar uma recompensa pelo esforço que ando a fazer. Isto se ninguém mas quiser oferecer (para já a marca ainda não se pôs na fila, mas se alguém tiver contactos que grite, que eu faço olhinhos de gato das botas).

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

24
Jan17

Conto de encontro #3

Maria das Palavras

Capítulos: 1 | 2 | 3


Quando tocou à campainha da mãe os nervos já lhe tinham passado. O Mendes tinha tanto de pouco recomendável como de engraçado e ela descontraía ao seu lado. Por outro lado, os seus dentes muito brancos, os seus olhos muito azuis e o seu cabelo muito louro iam dar a impressão de que ela estava numa fase boa da sua vida - e o que pode ser mais importante do que as aparências? O Luís ia desistir de qualquer tentativa de flirt e a mãe ia desistir de lhe tentar fazer arranjinhos com os filhos nerds das amigas. Com sorte o jantar ainda ia correr muito bem!


Sorte. Uma palavra com poucas entradas no seu dicionário. 


Assim que entraram o Mendes começou a fazer elogios altamente despropositados à sua mãe. "Parecem irmãs e não mãe e filha" estava taco a taco com  "podia perder-me nos olhos das duas" na competição "frases que não precisava de ouvir do meu convidado". Não havia bem certeza se se estava a candidatar a genro ou ao próximo da fila, mas certamente estava a abusar do galanteio. E o Luís parecia nem reparar. Andava de um lado para o outro, como chef de serviço sem prestar qualquer atenção ao que se passava. Sem qualquer necessidade para tanta azáfama porque a festa de aniversário era afinal um jantar a quatro. 


Numa ocasião em que contava ser seduzida pelo seu ex (atual da sua mãe) e fazer inveja às pedras da calçada com a sua conquista do momento, acabou sem a atenção de nenhum, a sorver sopa de açafrão e engolir bocados de borrego sem mastigar - visto que ninguém se lembrou que odiava aquela carne. Fingiu pressa assim que lhe pareceu que tinha aguentado o suficiente (tinha de acordar cedo) e saiu com o Mendes de rojo. Quase se esqueceu de oferecer à mãe o presente que tinha escolhido para ela, uma écharpe cinzenta, tanto que lha ofereceu bem antes de sair e ao fechar a porta ainda conseguiu ouvir do outro lado "e uso isto com quê?".

 

Tinham vindo no carro do Mendes, mas decidiu que voltaria para casa a pé, que não era longe. Ele protestou:

- Pensei que te ia dar boleia e depois tu me ias pagar a boleia...se é que me entendes. 
- Não entendo. Obrigada pela companhia.

E afastou-se fazendo uma nota mental para apagar o número dele e não voltar a cair em tentação. Aliás, ia fazer isso agora mesmo. Pegou no telemóvel e esqueceu-se completamente do que ia fazer, Tinha recebido uma mensagem do Luís:


"Estavas linda."

E todas sabemos. Um elogio assim em cima de um ego ferido pode trazer sérios problemas.
Quando chegou à porta de casa reconheceu o carro estacionado mesmo em frente. 

 

Comenta e Decide

 

Quem era?


1. O Mendes, arrependido pela falta de atenção que lhe tinha dado.

2. O Luís, que precisava de falar urgentemente com ela.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

23
Jan17

22 / 66 Dias sem Porcarias

Maria das Palavras

O meu pai boicotou-me o desafio! Fez uma bonita travessa de fruta com laranjas e morangos. Nem olhei para o bolo de café, e chorei à minha mãe que tirasse a Romântica do congelador só quando eu não estivesse a ver. De qualquer forma gosto de fruta e sabe sempre bem (sobretudo já descascada, cortada e pronta a comer). Encho o prato de fruta e devoro-a. Os morangos estavam extraordinariamente doces para a altura do ano. Pois estavam, o meu pai tinha-lhes posto um pacote de açúcar em cima! Boicotou-me a dieta, e nem sequer com uma coisa que eu costume fazer normalmente (nunca ponho açúcar nos morangos...já gelado de baunilha ou suspiros desfeitos...é outra conversa...).

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds