Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

25
Set15

Das expressões: A Vingança Serve-se Fria

Maria das Palavras

A não ser que a vingança seja um prato de arroz de tamboril, que se quer ainda a borbulhar (e arroz de tamboril não é tanto vingança, como recompensa), quem dera a muita gente que a vingança se servisse fria.

A vingança serve-se quente, do sangue a ferver, do ódio a latejar, da fricção que faz fogo de pauzinhos e deixa tudo a arder. E, sendo bem sucedida, deixa queimadura.

 

Vai daí que eu acho que quem criou esta expressão nunca sentiu sede de vingança ou nunca a sofreu na pele.

[Juro que não estou a pensar fazer mal a ninguém, só bati de nariz com a expressão e percebi que não via sentido nela.] 

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

17
Ago15

Das expressões: Meter o Bedelho

Maria das Palavras

Ri-me como se não houvesse amanhã quando ouvi o meu pai "irritado" com a minha mãe a dizer-lhe:

- Mas tu tens de meter o fedelho em tudo?

Chego a casa e conto ao Moço. Rio-me e pergunto-lhe:


- Sabes o que é que ele queria dizer, certo?

- Sim! Meter o dedelho!

Larguei a rir outra vez. Pior a emenda que o soneto. Ou, para entrar na mesma onda...apetece-me citar aquela anedota em que uma família visita um jardim zoológico (e mata várias expressões populares de uma só tirada):

O filho mais novo diz:
- Olha um 'trigue'!
O irmão mais velho responde indignado:
- Não é nada um 'trigue', é um 'leopoldo'!
A mãe surpreendida pela inteligência comenta:
- Pior a ementa que o cimento!
O pai para concluir tanta inteligência:
- Quem sai aos seus não é de Genebra!

 

Para esclarecer de uma vez por todas, a expressão correta é "meter o bedelho" e é equivalente ao "meter o nariz onde não é chamado". O bedelho é, segundo a Priberam, uma tranqueta de uma porta, ou um pequeno trunfo num jogo de cartas, ou...sinónimo de fedelho!

Portanto o meu pai usou mal a expressão, mas não deixou de ter ali uma coerência e um nível de correção quando substituiu uma palavra por outra. Também encontrei a expressão "meter o dedelho" nalguns sites brasileiros, mas nem consigo perceber se existe mesmo ou são outras pessoas a fazer um uso incorreto da expressão, por isso quem souber melhor que eu, avise.

 

Portanto na dúvida, não metam o bedelho, nem o fedelho, nem o dedelho...nem o nariz...no que não for assunto da vossa lavra.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

27
Mai15

Das expressões: Molhar a sopa

Maria das Palavras

Ouvi de um comentador de futebol. Aquele que está agora a relatar a vitória do Sevilha na Liga Europa (o Dnipro - santinho - é que merecia, e não estou a dizer isto só porque um dos jogadores deles caiu em campo assim do nada).

Entra o jogador X e ele diz que aquele costuma "molhar a sopa", como quem diz que vai marcar um golo.

 

É metáfora, é pleonasmo. É preciosa. E pode ser marota. Da forma que o comentador a disse, hesitante e atrapalhado, com um " ai, vou mesmo dizer ", juro que ele corou. Não, não se vê a cara dele. Mas creio que a mulher dele costuma ficar vestida.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D