Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

17
Nov15

Final Alternativo: Cinderella

Maria das Palavras

Diz o conto que ela passa, lava e cozinha para a madrasta malvada e suas duas filhas megeras. Um dia vai ao baile no palácio, porque a ajuda uma fada a ter condições para isso. O príncipe apaixona-se de imediato, mas à meia noite desfaz-se o encanto e ela volta a casa, deixando para trás apenas um sapato de cristal. O prícipe percorre o reino com o sapato em busca da jovem que o calça para encontrar a moça que lhe roubou o coração. Quando isso acontece, vivem felizes para sempre.

 

Cinderella

 

Eu sei que é para ser conto de fadas, mas também não precisam brincar com a inteligência das pessoas. Primeiro, o príncipe não prefere a Cinderella às pseudo-irmãs por elas serem más, e sim porque são feias como bodes e a outra é uma loura toda jeitosa, que conhece logo numa noite em que está toda empinocada. Depois parece-me pouco provável que lá no Calçado Guimarães, onde a fada foi buscar os sapatos houvesse um número exclusivo, uma espécie de 37 e três quartos, que só serve mesmo a uma pessoa, que terá, não sei, sete dedos em cada pé para ser assim tão especial. Mas ignoremos isso. Foi o baile. E este é o fim mais realista para coisa: 

 

Então o príncipe quer pedir ajuda para encontrar a boazuda que o açambarcou no baile, mas ela não deixou mais pistas que um sapato em Swarovski (o cristal acessível ao povo). Tem vergonha, porque o pai bem o tinha aconselhado que precisava casar bem, que o palácio já estava prestes a ficar na ruína, depois de uns maus investimentos em extração de ouro em minas exploradas por anões. Portanto, mesmo sendo vítima de cataratas em fase avançada (o que explica que não reconheça a rapariga só de olhar para ela), o príncipe tem de confiar apenas em si, sem nenhum colaborador. Considera apalpar as mamas das candidatas até chegar àquelas que bem se lembra, mas já está a ver os escândalos na imprensa se alguém o apanha nesses preparos. Portanto pega no sapato, coloca os óculos fundo-de-garrafa que dispensava sempre em altura de festa e pôs-se a percorrer o reino.

Quando chega à casa certa, apesar das manas dondocas quererem esconder a Cinderella, ela faz-se notar, pois está a aspirar o corredor e entra sem querer na divisão onde está o príncipe com o seu sapato. 
Graças às cataratas ele nem nota que ela tem o cabelo todo oleoso de andar a fazer a lida da casa. Nem repara nas olheiras de ter visto Anatomia de Grey noite dentro e chorar porque o Derek morreu. O sapato serve à moça e ele, num impulso, feliz sobretudo por ter conseguido aquilo sozinho, pede-a em casamento.

Os tempos que se seguem são tramados: Cinderella contava com as jóias de coroa (já há muito empenhadas) para pagar as suas dívidas do site de dating que tinha usado (fadamadrinha.com) para conhecer o príncipe. Os problemas económicos não dissolvem, mesmo assim, o casal, que apesar do início conturbado e repentino aprende, de facto, a amar-se. Como qualquer pessoa que cresceu nas condições de Cinderella, com mommy issues, não é brilhante como mãe. Assim que as suas filhas gémeas (Odete e Caty) têm idade para isso, começam a ser vítimas de abuso psicológico, sendo obrigadas a participar em rituais de limpeza semelhantes a praxes academicas (pôr o chão da casa a brilhar usando apenas um cotonete e vinagre). O príncipe fecha os olhos a isto - ou melhor, as cataratas pioram.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

9 comentários

Comentar post

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D