Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

09
Nov14

Palavras dos outros #4

Maria das Palavras

figos

- Quando é que vamos aos figos?

Levantei os olhos do chão, arregalados de espanto.
- Como é que soubeste?
Não me respondeu, continuou a sorrir-me e sentou-se no chão ao meu lado. Rodei o corpo na sua direcção ainda incrédula. Deixei a mão seguir na direcção do seu cabelo e contemplei-o, enquanto o perdia entre os dedos. Tinha o cabelo grisalho. Nunca o tinha visto assim, na forma como o via, ou não via, o seu cabelo sempre se mantivera farto, brilhante, cor de mel. Permiti-me mergulhar novamente nele… estava definitivamente cravejado de brancas, podia senti-las nos dedos, mais espessas, fortalecidas pela vida, emolduradas pelo doce do dourado.
- Como é que soubeste?! – Insisti.
Gargalhou.
Tinha-o comigo à tanto tempo, que algures pelo caminho, fosse lá porque fosse deixei de o ver. Não deixei de o amar, sabia-o em mim, simplesmente algures os meus olhos ficaram com uma imagem congelada pelo tempo. Poderá ter sido a dormência dos dias. O cansaço. O som da TV. O picar cebola. A neblina da estrada. Poderá ter sido apenas o seguir da vida, do dia de hoje que sucede ao de ontem, que sucedeu ao de anteontem, que sucedeu ao de antes de anteontem… não deixei de o amar, apenas deixei de o ver.
Durante a noite sonhei que nunca mais iríamos aos figos. Um misto de presságio e de alerta. Senti-me perdida, despojada de algo fundamental… e agora ele estava ali, como se pudesse ainda adivinhar-me, a mim, que lhe desconhecia as brancas…
- Como?!
Ele voltou a sorrir-me enquanto me aconchegava nos seus braços como fazia durante o meu sono.
- Ouvi-te!

 

Da Marta, com um texto que me apaixonou [e com uma lição a recordar] no seu Conto aqui...

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

5 comentários

Comentar post

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D