Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

24
Set14

Quem não chora, não é boa pessoa

Maria das Palavras

Dizia-me um amigo no outro dia como o Xanana Gusmão era tão boa pessoa, porque se emocionou ao falar do donativo timorense às famílias dos bombeiros portugueses. Não pelo donativo. Mas porque se emocionou.

Levei a peito e ofendi-me. Como eu costumo dizer: não choro, nem a picar cebola. E isto é verídico: raro é o bolbo que me bota lágrimas nos olhos. Sou rija (metaforicamente, que a celulite não me deixa mentir) e as coisas que me emocionam são sempre as que estão mais perto e não à distância – e ainda assim sou moderada na exteriorização.

 

Ainda hoje oiço pessoas a falarem de como viveram o 11 de Setembro. Eu andava no liceu e chego à conclusão já tinha idade para me emocionar. Claro que fiquei chocada ao ver o acontecimento quase em direto, claro que lamentei e lamento pelas vítimas e familiares, claro que odeio a forma como foi um evento que mudou o mundo. Mas isto tudo de forma muito racional, sem me ocorrer a ideia que pudesse chorar uma lágrima sequer a esta distância.

 

Eu no lugar do Xanana Gusmão, teria feito o mesmo donativo, mas daria aquela entrevista com voz segura, discurso articulado, olhar ligeiramente otimista. O tom de quem sabe sobre a tragédia dos outros e os quer ajudar, mas não a sente na pele.

 

“Quem não se sente, não é filho de boa gente”, lá diz o ditado, mas os meus pais não concordarão. Eles e eu, que somos boa rés. Faço donativos para o Banco Alimentar, mesmo que não passe ao supermercado no dia da campanha (há um site, sabiam?), ajudo os meus, desejo que toda a gente seja muito feliz e se puder fazer algo por isso, tanto melhor.  Assim, de repente, não me lembro de alguém que me queira mal (talvez um benfiquista ou outro), portanto, mesmo com esta pedrinha gelada no lugar do coração, não devo andar a fazer um mau trabalho.

Só não fico visivelmente emocionada. O Xanana ficou. Mas seria pior pessoa se não tivesse falado com voz trémula e perdido o fio à meada?

Afinal chorar qualquer um consegue. Há tantos atores no ativo, mais umas centenas em aspiração apenas. Porque é que o que os olhos nos mostram é mais importante do que o são as acções em si?

 

Enfim. Vou para casa ajudar a minha irmã a estudar, ligar aos meus pais, dar um beijo ao meu rapaz. As tristezas e alegrias deles é que me emocionam. Mais que um terramoto em qualquer parte afastada do mundo, para onde até talvez mande alguma roupa ou mantimentos para ajudar quem ficou sem nada. Parece que sou má pessoa, mas consigo viver com isso. E eles também.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

7 comentários

Comentar post

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D