Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

30
Jun15

Épooooooooca alta, époooooooca alta...

Maria das Palavras

A Fox no geral é um problema no meu dia a dia. Eu adoro séries e se me ponho a vê-las de início então, não faço outra coisa. A Fox Life, em particular, tem várias novidades ao longo desta ÉPOOOOCA ALTA, ÉPOOOOCA ALTA....Fox Life dá-te tudo se prestares atençãaaaaao.

Vou catrapiscar o olho a duas estreias hoje: a temporada 4 de Scandal e os tais d'Os Mistérios de Laura (com a minha adorada Debra Messing, de outros tempos, outras séries) e tenho-me perdido a ver episódios da velha e boa Clínica Privada, assim sôfregamente. 

Scandal - Fox Life ! Época Alta (Facebook)

 

No entanto, a estreia mais impactante deste verão na Fox Life, na minha modesta opinião, foi este jingle demoníaco que não me sai da cabeça: ÉPOOOOCA ALTA, ÉPOOOOCA ALTA!
Sabem do que estou a falar? Se não sabem, não procurem ou vai invadir a vossa vida. Esta música promocional está tão bem conseguida que se pespega aos cérebros mais incautos e não sai nunca. Tenho uma espécie de Tourette provocada por esta melodia.

Aliás, se me esqueço por momentos, tenho logo o Moço a cantarolá-la, no seu jeito sem afinação e PUMBAS lá vem ela outra vez.

Estou a pensar criar um grupo de apoio para as pessoas viciadas na FOX Life em geral e neste jingle em particular. Por favor deixem a vossa inscrição no email do blog, sim?

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

28
Mai15

Uei-uó-uáines: A série

Maria das Palavras

Wayward Pines - FOX

Tanto filme americano com o título mal traduzido (tipo HER para "Uma história de amor" e outros que agora não me ocorrem) e logo a esta série não traduzem o nome. Tá bem, tá bem:  é porque é o nome daquela terra estranha onde decorre a ação: Wayward Pines. 

Mas para mim não funciona e portanto lá por casa já é oficialmente chamada de Uei-uó-uáines.

Espreitei porque me disseram que era o cruzamento entre Lost (série que comecei a ver e depois, ironicamente, me perdi) e Twin Peaks (série que nunca botei olho). Foi criada numa parceria com a Microsoft e tem como realizador o amiguinho do Sexto Sentido. Atores upa upa...Mas o verdadeiro motivo para ter experimentado foi estar fresquinha a estrear e não ter de ir ver 5 temporadas atrás para conseguir seguir a série.

todas as quintas-feiras na FOX e desde que vi o primeiro episódio (já foram dois inteiros) ainda não consegui largar, porque é deveras intrigante. O homenzinho foi parar àquela cidade e ninguém o deixa sair.  Ainda se a vizinhança fosse simpática...mas quem tem essa sorte hoje em dia?
O terceiro episódio é logo à noite. Experimentem!

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

10
Abr15

Dois dedos de conversa #20

Maria das Palavras

Título alternativo: Como o Moço já está farto de mim.

Ele: Hoje sonhei contigo.
Eu: Oh! E lembras-te do sonho?
Ele: Sim.
Eu: Conta!
Ele: Era um sonho Walking Dead. Estávamos no apocalipse, tu transformavas-te em zombie e eu matava-te.

 

Zombie Walking Dead | FOX

  

[Vou culpar a FOX. Eu prometi-lhe que as primeiras temporadas da série eram fantásticas e ele anda a ver tudo de enfiada.]

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

26
Mar15

Tu ru ru ru ru ruuuu

Maria das Palavras

X Files

Não dei em doida (não mais do que o costume). 

Estou só entusiasmadíssima a trautear a música dos X-Files.

 

Diz que os Ficheiros Secretos vão voltar e com eles todo um pedaço da minha infância.
Lembro-me de obrigar o meu pai a ficar a ver comigo cada episódio para não ter medo (para depois ter de lidar com o episódio sozinha enquanto ele ressonava ao meu lado no sofá, tornando tudo mais assustador com aquele troar). 
Desejava secretamente ser como a Scully, mesmo quando ela teve um OVNI na barriga. E admirava o Mulder ao ponto de não conseguir levá-lo a sério em Californication (o que não é problemático, porque ele também não se levava a sério).


Os X-Files vão voltar e nem me importo que os atores estejam encarquilhados e a qualidade da série seja reduzida a um décimo. Sei, aliás, que jamais corresponderá à série do meu imaginário infantil.

 

Mas, caramba, cantem comigo:
Tu ru ru ru ru ruuuuuuuuuu.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

09
Mar15

Porta dos Fundos e os enjeitados

Maria das Palavras

Somos assim, nada a fazer. Enquanto é um programa "lá dos fundos" toda a gente ama. Quando passa para a TV começam os "não acho graça nenhuma. Temos esta necessidade de gostar do pouco conhecido e odiar por default o que se generaliza. Gostamos de enjeitadinhos. Afinal, foi por isso que o Zé Maria ganhou o primeiro Big Brother.

 

Porta dos Fundos FOX

 

O Porta dos Fundos saltou do Youtube e começou a dar na FOX (segundas, às 22h). Eu já adorava alguns sketches (e as músicas deliciosamente mórbidas da Clarice Falcão), mas sempre saltitei entre os vídeos que me pareciam melhores...pelo título. Como quem julga um livro pela capa. O programa é uma oportunidade única de me "forçar" a ver os que nunca me cativaram no Youtube e descobrir outras peças de rir. 
Ou então...este post também pode servir para isso. Eu partilho convosco a minha pérola-mais-ou-menos-desconhecida-Porta-dos-Fundos favorita e vocês partilham a vossa. Vale? Deixem o link nos comentários, meus amigos! 

Aqui vai - o sketch que satiriza a arte moderna e os seus exageros. Com o tiquinho de humor negro que eu adoro.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

05
Mar15

The Strain agarra mesmo: porquê?

Maria das Palavras

A FOX and a usar a hashtag #foxagarra junto à promoção da série The Walking Dead. Não é que os zombies não me agarrem (salvo seja): é uma série que acaba sempre com um gancho de atenção tremendo e o episódio da semana anterior a esta foi dos melhores que vi no último par de temporadas. Mas o The Strain é, para mim, the next big thing. Agarra de várias formas e passo a explicar porquê:

The Strain - FOX1. Agarra metaforicamente. Porque a trama se tem desenrolado muito bem, as várias histórias que se cruzam são interessantes e cada episódio deixa-nos a salivar pelo próximo. História mundial (o holocausto) e ficção. Dramas pessoais e fenómenos mundiais. Cabe tudo em cada episódio. 

 

2. Agarra literalmente. Porque aquela espécie de vírus que é praga e que é uma porra que não se sabe ainda bem o que é (no limbo entre o místico e o bacteriano) passa de umas pessoas para as outras quando umas minhoquinhas minúsculas se atarracham (lá está, agarram) à pele e entram sem pedir licença. V

 

3. Agarra literalmente  (outra vez). Porque tem uma espécie de vampiros - nada de coisinhas fajutas e sensíveis que brilham com o sol, como no Twilight - que deitam um ser viscoso pela garganta, que se pespega ao teu pescoço e não larga enquanto não te suga a hemoglobina toda.

 

Esta série é coisinha para me animar como não experimentava desde o início de Game of Thrones ou The Walking Dead. Bem tentei que fosse o Gotham - tentei juro, mas não consigo, esta é mais eu (mete entranhas e tal).
A série tem a assinatura do génio Guillermo del Toro e foi a mais vista de sempre do canal FX americano. E pelo menos mais 13 episódios de uma T2 estão assegurados. Se não acreditam em mim, quando digo que vão ficar agarrados, espreitem os episódios da T1 na Fox. Depois digam qualquer coisinha.

The Strain - FOX

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

02
Mar15

A série mais rápida da minha vida

Maria das Palavras

Como boa portuguesa que sou, tenho uma costela habituada a apreciar mais o que é feito no estrangeiro. Portanto quando deu uma novela, na SIC, chamada Vingança (acho eu), baseada na história do Conde de Montecristo, de Alexandre Dumas, torci o nariz - sabia lá que o protagonista ia virar #hotjesus? Mas quando ouvi falar da série Revenge animei-me logo. Isto já há uns anitos.

 

Revenge - Fox Life

 

Já estava a dar na Fox Life há uma semana, as gravações automáticas ainda não eram o que são hoje e eu queria apanhar do início, portanto procurei o primeiro episódio online. Sorte a minha, arranjei o episódio Piloto. 

Play.


A série não era só muito boa, entre o glamour, a intriga, o crime, a paixão, como se desenrolava incrivelmente depressa. Mas INCRIVELMENTE depressa. Estava tudo a acontecer naquele primeiro episódio. TUDO. Encontros, reencontros, traições, crimes (!). Uma temporada inteira assim ia matar-me do coração, com aquela dose de emoção a cada trago de 40 minutos.


Passo ao episódio seguinte.

Acho que já vi isto. Mas sem tanto detalhe. A história voltou muito atrás...espera aí!...


O episódio que vi primeiro não era um primeiro episódio. Era um especial de 40 minutos que resumia TODA a temporada. 
Morri um bocadinho naquele momento. Depois hei-de me ter recomposto e começado a ver outra série. Mas, caramba, nunca mais tive coragem para ver Revenge.

Hoje vi uma promoção da série na Fox Life. E estava aqui a pensar se me lembrava de um par de bons motivos para voltar a tentar. 

 

Revenge - Atores

 

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds