Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

20
Abr19

Não sou a única tonta da família #19

Maria das Palavras

O meu pai partiu um pé em circunstâncias que também davam um belo post, mas para efeitos de não parecermos uma família assim tão tonta vou guardar para nós. Estraga-se só uma casa (ou duas) e ficamos por aqui. Já foi há mais de uma semana, mas não tive tempo de partilhar porque a internet estava a arder com Game of Thrones, depois incendiaram mesmo a Catedral de Notre Dame e para não haver mais perigo de combustão, acabaram com a gasolina no país. 


O que vos sei dizer é que está de molho no hospital e numa das vezes que o fomos visitar tinha um colega de quarto novo, com uma mão toda ligada e de ferros em riste, meio entorpecido, com a esposa ao lado. Conta-nos ele, em tom normal de conversa, para quem quisesse ouvir: 

 

- Ah, este cortou três dedos de uma mão. 

 

(imaginem neste ponto, que eu e a minha mãe fazemos um ar atrapalhado, porque eles estarão a ouvir)

 

- E digo mais... - continua o meu pai descontraído - o dedo do meio não se safa!

 

 

tenor (11).gif

 

[Mais tolices familares clicando aqui, incluindo a vez em que o cão ficou de ressaca. ]

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

26
Nov18

Querida, embebedei o cão.

Maria das Palavras

Dachshund - Imagem UnSplash


O meu pai foi à mata apanhar medronhos. Não sei se é um conceito estranho para pessoal das cidades grandes, mas o pessoal das terras vai à mata buscar coisas.  Levou o cãozito da família, um salsicha meets vira-lata que já não é cachorro mas tem energia de peta-zeta embutida em cada pelo e adora andar a passear e saltitar (e fazer asneiras em geral). 

A dado momento o meu pai, que andava entretido na sua tarefa, reparou que o cão já não andava a correr que nem um parolo de árvore em arbusto. Estava muito sossegado a roer um medronho que estaria caído no chão. Ora, o medronho é uma fruta. Mas é uma fruta com teor alcoólico. Pelo que quando o meu pai o chamou e ele o olhou de volta com os olhos muito pequeninos, como se o tentasse focar, o meu pai percebeu que o cão tinha comido muito mais que um medronho. 

Daí para a frente foi o festival típico de um fim de noite no Cais do Sodré. Uivava, como nunca se tinha ouvido, como um bêbado a cantar o fado. Andava torcido, como o Vasco Santana menos o candeeiro. O meu pai levou-o ao carro, onde ele aproveitou para dar um forro novo aos estofos (se é que me entendem). E quando chegaram a casa, o meu pai jura que só visto, nunca contado: foi tal e qual como um beberolas a chegar tarde a casa. Cambaleou da porta diretamente à sua cama e tombou para ressacar.


Não se preocupem, o cãozito está bem. Foi um acidente sem mais consequências que a lavagem do carro. Ah, e agora o meu pai mantém a garrafeira fechada à chave.


Se conduzir, não beba. 
Se apanhar medronhos, não leve o seu cão.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

04
Set17

Se rima, é porque é verdade.

Maria das Palavras

A minha mãe passou uns dias em Espinho: 

Mãe: Esta manhã fiz como disseste e fui tomar o pequeno-almoço ao Café da Avó.

Eu: Mãe...não estarás a falar do Pão de...

Mãe: Ai, tens razão, ao Pão de Ló.

Eu: Pão de Dó...

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

16
Abr17

O meu paizinho fashionista reage ao cadeirão amarelo.

Maria das Palavras

Poltrona amarela IKEA

Compraste isso? Achei que isso era velho...que a senhoria tinha deixado aí e ias devolvê-lo. Não combina com nada. O amarelo desta almofada nem sequer é igual. Pronto, está bem. Como queiras. Mas não fica nada bem.

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

07
Nov16

Botox caseiro.

Maria das Palavras

Eficácia grantida.

 

Como fazer? Sigam as instruções!
Deixam o aspirador no meio da cozinha antes de se deitarem. A meio da noite levantam-se e vão à cozinha comer ou beber algo, mas não acendem a luz e tentam não se lembrar que deixaram lá o aspirador. 

Foi assim que a minha mãe tropeçou e bateu com os queixos na bancada. Está com uns lábios maravilhosos, salientes, brilhantes, enormes, de fazer inveja à própria Angelina Jolie - e a pobre já andava em baixo com o  divórcio. Eficácia garantida, digo-vos eu.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

27
Mai16

Não sou a única tonta da família #15

Maria das Palavras

"Mana, fiz uma coisa mesmo à Maria - sabes quando no cinema te desejam bom filme e tu dizes igualmente ao rapaz da bilheteira que está a trabalhar e não vai ver filme nenhum? - só que pior. Como já não vens à feira de Maio e a P. não podia andar comigo naquela nova diversão que faz loop e eu queria mesmo experimentar, ela lá me convenceu a andar sozinha. Então eu sento-me e o senhor que trabalha lá estava a passar por toda a gente antes de começar. Estendeu a mão e eu dei-lhe um high-five. Ele...estava só a verificar os cintos. Estendeu a mão para verificar os cintos e eu dei-lhe um high-five." 

 

tumblr_lmwilgyuYV1qcodspo1_250.gif

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

06
Abr16

Não sou a única tonta da família #14

Maria das Palavras

Carro a deitar fumo - Maria das Palavras (imagem Pixabay)

 

Conto-vos como me contaram. 

A sair de um parque de estacionamento altamente inclinado e com paragens, o meu pai vai a forçar a embraiagem que naturalmente começa a cheirar um pouco a fumo. Ia ele, a minha mãe e a minha irmã no meu velho carrito, que já puxa menos que uma carroça de bois. Assim que a minha mãe vê um pouco de fumo, o que faz?

Foge. Sai do carro a meio da rampa do parque  de estacionamento e começa a fugir atirando à minha irmã um "não vens?" a sumir-se.

Ora o meu pai e irmã sabem que a situação não é assim tão grave, embora incómoda. Lá saem finalmente do parque e alcançam a minha mãe, que segue em frente (como os malucos), encostando o carro ao pé dela. 

- Entra!

- Nem pensem! Isso ainda cheira a fumo!

Então ainda andou mais uns 500 metros a pé, o carro a seguir devagarinho atrás como o carro-vassoura numa peregrinação a Fátima, até se sentir segura para voltar a entrar e seguirem todos viagem.

 

Quando me contam isto, entre muitos risos, uns dias mas tarde, a minha irmã diz:
- Já viste? Bela mãe! Foge do carro e deixa a filha ali, dentro de um carro que ela acha que ia explodir.

E a minha mãe, a única a manter-se séria, a recordar o pânico que sentiu nessa situação:

- Eu disse-te para vires! Não tens perninhas?!

galore_mag_beyonce_explosion.gif

 

Vamos juntar a isto àquele episódio em que veio um cão gigante (ela tem pavor de cães com tamanho acima de um garrafão de 5lt) a correr na direção dela e da minha avó e ela põe a minha avó à frente.
E ao outro em que ela ia a passear o nosso cão pequenito e vem um gato gordo a querer atacá-lo (também tem pavor de gatos) e ela se fecha no campo de futebol e deixa o cão à mercê das garras do outro bicho.

De facto as mães têm um instinto protetor bem apurado. A minha sei que tem. Para ela própria! 

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

01
Abr16

Último ato deste Dia das Mentiras

Maria das Palavras

A minha irmã liga-me.

 

Ela: Tenho uma coisa para te dizer. É sério.

Eu: O quê? 

Ela: A mãe morreu...

Eu: Ahahaha, sua balelas! Acabei de a ouvir tossir aí atrás. Só se  se finou mesmo agora.

Ela: Estava a brincar. Mas agora a sério, liguei para te dizer uma coisa.

Eu: O quê?

Ela: O pai morreu...

Eu: Ahahahah. Esse pai que acabou de falar agora?

Ela: Não, isso foi o primo que veio cá dar as condolências.

Eu: Ahahaha. Tonta. Diz lá, queres alguma coisa ou não?

Ela: O Moço está contigo?

Eu: Não, está a trabalhar.

Ela: Ok. O Moço morreu...

Eu: Ahahahah. Esquece. Vou desligar.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D