Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

09
Set14

To Bimby or no to Bimby

Maria das Palavras

Por alturas de lançamento da Nova Bimby (a tal que até nos engraxa os sapatos) a discussão sobre a bichinha volta a estar acesa.
Eu sempre achei que não ia ter Bimby até ao dia que a minha amiga lá me convenceu a receber a senhora lá em casa (que era muito chata e estava sempre a insistir que lhe indicasse mais gente).

 

A senhora foi, fez-me o jantar, em quantidades mosntruosas, e eu gostei muito da facilidade com que tudo era feito, mas sabia perfeitamente que não me ia deixar cair em tentação. Sabia cozinhar e gastar dinheiro em utensílios de cozinha não era o meu sonho de vida ou prioridade.

 

Depois a senhora meteu umas frutas e gelo para a Bimby, no grand finale e...fez gelado em 15 segundos.

Foi neste momento que lhe comecei a atirar notas para o colo, para ela ma deixar logo ficar - já percebemos todos que os gelados são a minha fraqueza.

Bimby - A Gabriela cá de casa

 

Não me arrependo minimamente de ter feito este investimento:
1) É verdade que tudo o que faço com a Bimby podia fazer sem ela, mas facilita muito em termos de tempo e de independência.
2) Também há doces, iogurtes, molhos e coisas que tal que jamais me daria ao trabalho de fazer sem a bicha e assim faço um brilharete (até a minha avó aprovou os sonhos da Bimby no Natal). 

3) Talvez não faça o break even do custo às primeiras porque não tenho paciência para fazer lá tudo o que podia para poupar (a manteiga, todos os iogurtes, o pão, etc). Mas para quem, como eu, não tinha uma série de pequenos eletrodomésticos (varinha mágica decente, picadora, batedeira, blá blá blá) até ficou mais barato combinar este combinado (e ocupa menos espaço).

4) Cá em casa há sopa todos os dias e a Gabi  (de Gabriela, que é como lhe chamamos cá em casa) despacha esse serviço em meia horinha com a melhor consistência de sopa aveludada de sempre.

 

Desengane-se quem acha que a Bimby faz milagres ou serve para quem não sabe minimamente cozinhar: há sempre coisas que podem sair mal (por tolice nossa) e os temperos, por exemplo, estão sempre por nossa conta: se fazes o arroz sempre ensonso a Bimby não te resolve isso.

Só a troco quando estiver a cair aos bocados, e vai ser difícil, porque a pecinha que estava a rachar (o copinho) a Worveck trocou-me sem custos, nem perguntas e já tinha passado a garantia.

 

Se vivem bem sem ela? Claro! Também vivia sem microondas para aquecer ou descongelar comida... 
Mas não é a mesma coisa...
 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

13 comentários

Comentar post

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D