Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

24
Set18

É muito mais o que nos une, que a chatice que nos separa

Maria das Palavras

Ora bem, eu e o Moço, sim senhor, cinco anos e ainda estrada a ver-se pela frente, extensão de garantia, nada de trocas aos 100 mil quilómetros, apesar de algumas avarias menores, várias revisões obrigatórias e todos os seguros abrangendo terceiros em dia. Agora, se eu tivesse de dizer que nos separamos um dia, tenho a certeza da razão. 

 

1) Temos níveis de ambição diferentes?

2) Só em caso de traição.

3) Ele tem bicho carpinteiro

 

É claramente a última hipótese. Eu até poderia ser adepta do perdão se ele me traísse com alguém que me fizesse compreender bastante bem a tentação da carne (de Sara Sampaio para cima, entenda-se, portanto até podia ser caso para bater palmas e largar um sim senhor!), mas jamais me conformarei com a falta de sossego deste homem. 

 

tenor.gif

Vídeo que captei do moço numa noite relaxada a ver televisão.


A sério, a gelatina Royal inspirou-se nele para criar a inconstância da gelatina. O saltitão foi um brinquedo inventado por um observador que estava no parque infantil a vê-lo quando era criança.  Ele terá sido o bebé mais insistente, se não o primeiro, a pontapear a mãe! O termo "irrequieto" entrou no dicionário por causa dele (e dos caracóis no Alentejo) e o novo acordo ortográfico surgiu por acaso no meio de uma discussão sobre um novo termo que exprimisse mais movimento do que "irrequieto" que pudesse qualificar o Moço.

 

Enquanto dizem: "o rato roeu a rolha da garrafa do rei da Rússia" já ele alisou o cabelo, coçou um pé, ajeitou o cinto, mudou de posição, trocou o canal na TV, assobiou, deu um murro no peito, tossiu e andou ao pé-coxinho. Uma coisa de cada vez, que continua a ser um homem que obedece ao cliché da falta de multitasking, apesar de conseguir dançar a lambada enquanto lê um livro.

 

Que faço eu, uma lesma inamovível do pior, que só quer sossego, face a esta problemática? Têm sugestões que não sejam drogas leves ou fármacos fortes?

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

18
Set18

Um Update à Carta de Amor

Maria das Palavras

photo-1526764279915-c9f6a84f10d1.jpg

 

Meu Moço,

 

Já foi há mais de cinco anos que te adicionei e a partir daí nunca mais deixámos de fazer likes um ao outro. Há mais de cinco anos que as minhas melhores fotos têm a tua tag. Há mais de cinco anos que és o meu destinatário de emails favorito.

 

Contigo cresci: dupliquei o número de seguidores quando os teus amigos se tornaram meus e o grupo da família no Whatsapp são afinal dois. Contigo aprendi a experimentar coisas novas: passei a colocar fotos de dois pratos no Instagram. Contigo vivi: os melhores pontos do meu Google Maps, piquei-os contigo e fizemos thumbs up a centenas de lugares novos, mesmo quando discordamos nas reviews. Contigo aventurei-me: lembras-te quando ignorámos o radar do Waze? Contigo partilhei: tantas receitas da #comidafit.


Não imagino outro como meu parceiro da conta de Netflix, ou que me deixasse ter uma lista no seu Spotify. Quero subscrever o Amazon Prime contigo. Quero ter bitcoins tuas. Faz-me uma menção.

Serás sempre o Favorito dos meus contactos do smartphone. Eu estou pronta para nunca deixar de ser a tua.


Instagramo-te muito. Mais a cada dia que passa no Google Calendar.

 

Likes sentidos da tua, 

Maria das Palavras

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

15
Set17

Não preciso de ninguém.

Maria das Palavras

Não sou de sentir saudades (não sou mesmo). E vivo bem sozinha. Acredito que sou ligada à família, que me mantenho perto dos amigos (e a distância pode ser encurtada de muitas formas) e que fico com o Moço por opção. É uma escolha,  não uma necessidade. Porque me basto e sozinha me bastaria, isolada do mundo, se assim tivesse de ser. 

 

Não preciso de ninguém, digo eu para mim o dia todo. E depois deito-me e aninho-me nos braços dele, senão a noite é só escuridão.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

31
Ago17

Quatro e Meio mais Um*

Maria das Palavras

quatro e meio de maria e moço.jpg

 
Viagens. Conversas. Amuos. Jantares. Carinhos. Discussões. Mensagens. Filmes. Colo. Injustiças. Jogos. Gargalhadas. Estórias. Histórias. Amigos. Família. Casas. Desejos. Mudanças. Livros. Séries. Distância. Humores. Olhares. Sestas. Festas. Festinhas. Birras. Beijos. Amor.

*Porque sou distraída com datas.

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

23
Ago17

Dois dedos de conversa #78

Maria das Palavras

Moço: Estás a falar daquela rapariga muito feia?

Eu: Não! Olha, é esta. [mostrando a foto no Facebook]

Moço: Pois, a feia.

Eu: Oh, Moço, honestamente! A rapariga não é feia, é normalíssima! Aliás, se ela é muito feia, eu também sou. Está mais ou menos ao meu nível.

Moço: Maria...[pausa dramática]...mulher nenhuma está ao teu nível. 

 

In your face, Giselle. 

 

Giselle says: WHAT!?

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D