Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

04
Jul16

Gostávamos de não concordar.

Maria das Palavras

E queremos dizer que não concordamos. Mas depois vemos uma reportagem sobre a fruta de aspeto grosseiro que não é posta à venda porque é preterida nos supermercados, enfim, ninguém lhe pega, mesmo sabendo que a casca irregular não significa que não é própria para consumo. E se numa coisa tão fácil de compreender como uma peça de fruta isto acontece, como podemos acreditar que somos todos mais evoluídos no julgamento de algo infinitamente mais complexo, como o ser humano (nem digo a mulher). Não gostamos de concordar, mas em muitos casos, somos obrigados a isso. Sejamos melhores.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

15
Abr16

Vai haver casório | O Anúncio

Maria das Palavras

A não ser que sejam muito desatentos já sabem que vai haver casório de uma das melhores na arte de moldar o barro das palavras, aqui no bairro do Sapo. E a não ser que sejam ainda mais desatentos (ao meu blog, em particular) sabem que não posso estar a falar de mim, até porque tenho certos traumas e aversões ao casamento na primeira pessoa (o ato, não o estado).

A blogger em causa, é também uma pelintra assumida. Assim sendo, e querendo partilhar com a blogosfera o seu dia especial - que por agora mantemos no segredo dos deuses qual será - o que faz? Convida o Pau Storch? A After Click? Alguém conceituado na blogosfera para fazer as fotos do casamento para os seus diários virtuais? O tanas. Convida aqui a Maria. Ninguém me tira a ideia que só fui convidada para o casamento, - não porque coaduno, com ela e com a outra, em largas horas de conversa facilmente censurável pelo público mais cristão, numa janela virtual -  mas para lhe fazer a foto-reportagem para o Instagram. Fui bem enganada, foi o que foi. Eu nem sou das imagens, sou das palavras. 

Seja como for, fiquem atentos. No dia do casamento estarei lá, no instagram da emedjay ou éme-jota (como preferirem) a fazer a foto-reportagem com direito a comentário. Sigam-no já para não perderem esse memorável Instagramajacking.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

08
Abr16

Este fim-de-semana: o clássico espanhol da blogosfera.

Maria das Palavras

Qual Ronaldo vs Messi*? Maria das Palavras em Madrid, M.J. em Barcelona. Perde a primeira a rebentar num atentado terrorista. Ou a que gaste mais dinheiro em comida que afinal não presta ou entradas para sítios aborrecidos. Ou a que faça o relatório de viagem mais inútil no blog.

*M.J., tu és o Messi que eu sou mais alta. Muahahahah.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

04
Dez15

Momento Eterno

Maria das Palavras

"... e de repente, como aos momentos algumas vezes acontece, tornou-se eterno." 

Saramago

 

Não podíamos estar longe. Não podíamos esperar para nos conhecermos melhor. Por isso é que jantámos na quarta, fomos beber café na sexta (eu nem bebo café) e na segunda-feira ele foi almoçar comigo. Sugeri, sem protestos, que fossemos ali a um indiano no Rato, muito gostoso e até em conta. Só soube mais tarde que ele nunca tinha provado daquele tipo de comida e nem era muito dado a novas experiências culinárias. Foi por mim. O carro ficou estacionado numa rua paralela. O sacana tem um anjinho para os estacionamentos, estou certa disso. E íamos a andar pela calçada, ocupados a fingir que não estávamos nervosos. Que não nos interessava o que queria dizer isto da vontade de nos vermos outra vez e mais uma. Pelo menos eu ia. É aí que ele me pega na mão. E encontramos o passo. Ele gostou da comida indiana. Eu, num gesto institivo, animal, que não confesso, passei a tarde a inspirar junto da minha mão, a que ele tinha pegado.

 

[Agradeçam o relato à M.J., a que inspira, vá. E contem também o vosso momento que se tornou eterno. Um dos.]

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

18
Nov15

Inspira-me

Maria das Palavras

Caros leitores que por mera coincidência (ou não) também são bloggers do Sapo: lembram-se da tag inspira-me? O sapinho-mor dava tópicos para os bloggers sôfregos por temas de escrita pegarem, levarem para o seu quintal do bairro e escreverem. Sabe Deus que às vezes nos falta tema para aparvalhar - a todos menos a mim, fonte inesgotável de parvoíce. 
Pois aquela que é mundialmente reconhecida como a  Madre Teresa da Blogosfera (a.k.a. M.J.) decidiu inspirar os habitantes do bairro, da mesma forma que o sapo-mor fazia, embora com temas que me parecem bastante mais polémicos, a julgar pelo de abertura

Ide e participai, como se disso dependesse todo o sucesso do vosso blog. Eu deixo já aqui a minha contribuição para o movimento:

Querida Rabanada - M.J. Inspira

 

Querida rabanada, 

Esta era a última coisa que te queria dizer, mas...vou-te comer.
Sei que estavas esperançada que tivesse aderido a um modo de vida mais saudável em vez de me deixar engolir por uma camada gelatinosa de lontra do sofá. Que estivesse de tal modo dedicada ao bacalhau de Natal, que ignorasse os doces. Que talvez distraída entre os presentes me escapasse a perceção do prazer que poderei ter ao dar-te uma trinca. Deixa-me desfazer-te os sonhos (sonhos? haha, também não me hão-de escapar).

Vou-te contar um segredo: odeio pão mole. Molhado em leite ou sopas de pão como a minha avó fazia, sabes? No entanto, tu rabanada, és petisco do céu para mim. Não consigo explicar. Representas tudo o que eu não gosto (pão mole) e no entanto não consigo deixar de pensar em ti. Sente-te portanto honrada enquanto te dás em sacrifício. 

Uma trinca, 
Maria.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

16
Nov15

Caçadoras de Sonhos #8

Maria das Palavras

Caçadoras de Sonhos - Maria das Palavras e M.J.


"Olá Maria, olá, M.J.,

Tenho outro sonho para vocês.
Hoje sonhei que, num dia lindo de sol, estava a conduzir sem cinto de segurança (coisa que nunca fiz na vida) e que, ao ver a polícia à frente, punha rapidamente o cinto. Ainda assim, era mandada parar e sair do carro por três mulheres polícia que me queriam fazer uma série de perguntas. Íamos para uma sala ali mesmo ao lado da estrada e, enquanto estávamos a entrar, passava por cima de nós um avião da TAP a rasar. A seguir vinha outro, de "marcha atrás" (os aviões não fazem marcha atrás, certo? Mas este era assim que vinha) e em queda, cada vez mais baixo e de repente batia nuns prédios e continuava a escorregar pela avenida abaixo, deitando os prédios abaixo à medida que ia passando (e empurrando ligeiramente os prédios dos lados), até chegar ao rio. Logo se juntava uma multidão no topo da avenida, onde eu também me encontrava com as polícias que agora já não eram polícias mas sim minhas amigas, e uma delas era a minha mãe, e começávamos a falar em choque do que tinha acontecido e depois já nos estávamos a ir embora para casa, mas eu estava com dificuldade em encontrar o meu casaco no meio dos casacos que estavam em cima do sofá, porque tinha a certeza de que ELE mo tinha escondido. E não, não sei mesmo quem era o "ele".
E é isto.

Estou desesperadamente a precisar de uma interpretação a isto, Caçadoras! Obrigada!

Alexx M.
"

  

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

09
Nov15

Caçadoras de Sonhos #7

Maria das Palavras

Caçadoras de Sonhos - Maria das Palavras e M.J.


"
Bom dia, amigas caçadoras,

Este é um sonho que tive há já algum tempo, mas é um dos mais engraçados que tive e visto que estamos a entrar em modo Presidenciais... A minha avó morreu no início deste ano, mas poucas semanas antes sonhei que ela era Presidente da República. Ora, ela tinha a mesma idade que o ex-Presidente Mário Soares e, nestes últimos anos, já não via muito bem e era eu quem lhe lia as cartas e ajudava em assuntos semelhantes. Da mesma maneira, no sonho, tinha de ser eu a ler-lhe os diplomas que ela tinha de promulgar e a dizer-lhe onde assinar... E, como ela também não ouvia muito bem, tinha de estar presente nas reuniões com o Primeiro-Ministro e com outras personalidades da política para o caso de lhe ter de repetir o que eles diziam...

Modéstia à parte, ela teria dado uma grande Presidente! 😂😂

Como interpretam, então, este meu sonho, para além de um desejo reprimido de ser assessora de um político qualquer (não, obrigada...)?

Beijinhos para as duas,

Sofia"

  

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

02
Nov15

Doenças invisíveis

Maria das Palavras

É tão difícil explicar às pessoas as doenças invisíveis. 

Dizem, como eu já disse quando era mais ingénua e não as respeitava, que é ser fraco. Que são manias, próprias de quem não sabe lidar com a dor e com a tristeza. Dizem-no porque nem desconfiam que sanguessugas de alma como a depressão - não só a depressão - podem surgir no auge do sucesso e da felicidade, ou numa quarta-feira qualquer.

 

É tão difícil explicar às pessoas as doenças invisiveis.
Mas aqui está uma brilhante tentativa.

Depressão (imagem Pixabay) | Doenças invisíveis, texto por Maria das Palavras

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

02
Nov15

Caçadoras de Sonhos #6

Maria das Palavras

Caçadoras de Sonhos - Maria das Palavras e M.J.


"
(podia inventar um sonho maluco, mas tenho um sonho recorrente desde miúda, já andei à procura do significado, já tentei perceber se, quando o tenho, acontece alguma coisa fora do comum, mas nada! então deem-me lá a vossa opinião)


Estou numa praia a ver o mar.
De repente forma-se uma onda gigantesca (mais conhecida por Tsunami, que é chique, quando era miúda chamava-se Maremoto).
Quando me apercebo, levanto-me e corro na direção oposta, mas a onda é demasiado rápida.
Vejo-a passar por cima de mim e, antes de me apanhar....acordo!

Não, e de cada vez que sonhei com isto, não houve um tsunami nem fiz xixi na cama.

A minha pergunta é: quando a onda finalmente me apanhar, já não acordo? Morro? Cortam-me a água em casa? Rebenta um cano na vizinha de cima?

Agradeço antecipadamente a vossa ajuda.

Beijos."

  

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

subscrever feeds