Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Maria das Palavras

A blogger menos in do pedaço, a destruir mitos urbanos desde 1986. Prazer.

26
Ago19

Dois dedos de conversa #110

Maria das Palavras

Agora que já contei esta história a toda a gente com quem me cruzei e portanto o Moço já me odeia, nada a fazer, conto-vos a vocês também.

Ele foi à cozinha e eu pedi-lhe, gritando da sala, que me trouxesse um gelado.

Moço (da cozinha) : Qual queres?
Maria (da sala): Não sei, o que há?

(abre o congelador)

Moço: Há Fizz e Cornetto de Pau. 
Maria: Há o quê?... 

 

tenor (14).gif


(não é que eu não tenha ouvido, mas o nome do segundo gelado, não me esclareceu, se é que me entendem)

 

Moço (convicto): Fizz e Cornetto de Pau.
Maria: O quê?!
Moço (agora a gritar): FIZZ E CORNETTO DE PAU!
Maria: Desculpa. Mas Fizz e quê?
Moço: Fizz e Corneto de pau! Está surda!

Vem irritado à porta da sala e:

Moço: FIZZ E CORNETTO DE PAU.
Maria: Fizz e...

WealthyBitterBlackbear-size_restricted.gif


(som de ficha a cair)

Moço: Ah...Perna de Pau.

Mas isso é irrelevante, porque eu já nem precisava de comer gelado. Não depois de uma tal barrigada de riso.

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

01
Mai19

Descobertas do Mês | Abril 2019

Maria das Palavras

Vamos ao balanço menos aguardado do mês! Nas última semanas li livros que gostei, mas não me deixaram sem fôlego, vi filmes que apreciei sem achar que devia recomendar e fiquei-me por séries conhecidas, como Friends que é um favorito se sempre, ou Game of Thrones, onde atualmente há mais personagens a ressuscitar que a morrer, para que possa constar como um favorito assinalável. Isso não significa que não tenha feito algumas descobertas dignas de nota que vos quero apresentar. Cá vão elas. 

 

 

A música: This Feeling, Alabama Shakes

Digo sempre sem problemas que não gosto de música novas. As que conheço chegam-me. Depois, muito de vez em quando, ouço uma que espevita o tímpano. Foi o caso desta, que me chamou a atenção durante um episódio de Big Little Lies. Não parei de a ouvir durante as semanas que se seguiram. Para além dela, recomendo outras músicas dos Alabama Shakes e outras músicas da banda sonora da série (September Song ou Cold Little Heart, que o Moço me diz que passa na rádio, mas sem a introdução). Digam-me lá se esta não fica no ouvido (por motivos diferentes do Baby Shark). 

 

 

 

 

A ideia: Nunca te vais arrepender de não ter trabalhado mais horas.

Comecei a ouvir o livro "O Monge que vendeu o seu Ferrari" de Robin Sharma. Não foi para já tão transformador ou marcante como é suposto, excepto por esta ideia. Posso estar a relatar mal mas é qualquer coisa como o pai de uma das personagens lhe dizer a determinado momento que no leito de morte uma pessoa nunca se arrepende de não ter trabalhado mais. Arrepende-se talvez de não ter vivido mais. Isto num contexto próprio em que falamos de um advogado que devota a vida a ganhar casos e ganhar mais e mais dinheiro por uma vida da qual nunca desfruta. Não quero com isto incentivar à preguiça. Acho que as pessoas devem trabalhar no que gostam e fazê-lo com muito empenho. Mas devem também lembrar-se sempre que as horas extra, os sacrifícios pessoais, os dias de férias por tirar que se acumulam...são algo que nunca vamos recuperar. Quando podíamos estar a criar memórias do tipo das que nos podemos arrepender de não viver. 

 

 

O passeio: Parque do Buçaquinho

Fica em Ovar. Assim que estacionámos e senti o aroma a eucaliptos ganhei o dia. É um parque com árvores, lagos e caminhos de estrado, ótimo para passeios, piqueniques, um sumo na esplanada, uma manta e um livro,  levar as crianças a baloiçar (até tem um mini-slide!). Fez-me ver como ainda tenho tanto para descobrir aqui à volta de Espinho. 

 

O Parque Ambiental do Buçaquinho inaugurado a 25 abril 2013 ocupa uma área de 24 ha de floresta protegida, de grande valor ambiental e com uma biodiversidade rica ao nível da fauna e da flora. Contempla um pinhal, seis lagoas, uma cafetaria, parque infantil, jardim de plantas aromáticas, torre e posto de observação da avifauna, espaço multimédia e Centro de Educação Ambiental. O Parque resulta da revitalização da antiga Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) Esmoriz/Cortegaça. in CM-Ovar.pt

 

 

Maria das Palavras no Parque do Buçaquinho

 

 

O gelado: Magnum White Chocolate & Cookies

Encontrei o Magnum da minha vida. É difícil deixar para trás uma vida recheada de Magnum Amêndoas, Caramel & Nuts ou o simples Branco. Mas uma vez trincado este menino, temo que durante uns tempos esses fiquem esquecidos. Entretanto ainda não provei gelado Kinder Bueno da carta da Olá, que também promete. Temo que possa haver um novo gelado na lista de Maio...

 

Resultado de imagem para magnum white and cookies

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

19
Dez17

Dois dedos de conversa #89

Maria das Palavras

Dentro do Centro Comercial Arena, enquanto fazíamos um bocadinho de tempo para ir ver o jogo ao Dragão (ele Portista ansioso, eu na torcida pelo Marítimo para favorecer o meu Sportin'):

 

Moço: Devíamos ir andando.

Maria: Txiii, ainda falta meia hora...

Moço: só falta meia-hora.

Maria: Mas podemos ficar aqui mais um bocadinho só para não arrefermos logo.

Moço: Maria, bom argumento...não estivesses tu a comer um gelado...

 

Swirl de Natal - Maria das Palavras

 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

31
Jul17

O dia em que fiz uma cena de filme na estação de comboio.

Maria das Palavras

Vi-a ao longe. Os meus olhos brilharam.

Olhei para o relógio. Três minutos para o meu comboio chegar. Tinha de dar tempo.

 

Levantei-me e comecei a correr na sua direção.

Ela fez o mesmo do lado de lá da linha, os nossos olhos divididos entre o caminho a percorrer e a inevitabilidade de ver onde ia a outra.


Descemos as escadas em direção ao túnel e foi bem a meio que finalmente nos cruzámos.

 

Era a minha irmã. Trazia na mão um daqueles gelados da feira para mim. 

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

06
Jun16

Eu juro que não ia falar disto.

Maria das Palavras

2016_0604_18255400.jpg

 

É que já tinha visto menção em não-sei-quantos blogs* e, honestamente, o Magnum já é um ótimo lanche gelado, pelo que não tinha a certeza de que pôr mariquices em cima o fosse melhorar. Portanto não estava numa de ir lá desde que tivesse outros gelados por perto (e tenho Häagen-Dazs e Cornetos de morango ali no frigorífico, mesmo), nem de falar sobre um assunto já batido nas redes sociais. Depois, no Sábado, entre amigos, surge a ideia de visitar a tal Magnum Lisboa, ali ao pé do teatro Trindade e provar os super-magnuns...Não sei se já se tinham apercebido, mas eu sou taradinha por gelados. Não gosto da maior parte dos doces e sobremesas (cheesecakes? blargh...pudins? nah...coisas de textura duvidosa em geral? deixem lá) mas um gelado enche-me sempre o olho (e a barriga).

Quando chegámos e vimos uma fila imensa à porta (quem nos manda lembrar disto a meio de um Sábado solarengo?) só não fomos embora porque não nos apercebemos que a fila continuava escadas acima e ainda dava a volta para o outro lado. E quando nos apercebemos já era tarde demais para voltar para trás (afinal já tinhamos esperado um bom tempo).


Três euros e uma hora depois chegamos finalmente ao "bar de Magnuns". Primeiro escolhemos o cocktail de coberturas (eu escolhi golden flakes, pérolas de cereais, amêndoa caramelizada com canela e açúcar de amora - sim, tive direito a uma extra porque dei trocos à senhora e ela estava a desesperar por eles). Algumas outras coberturas que me lembro assim de cor: flor de sal, pistaccio, avelã caramelizada, praliné, mistura de três chocolates, raspas de chocolate branco, pétalas de rosa...Depois eles perguntam em que chocolate queremos mergulhar o gelado (escolhi branco) e assistimos hipnotizados àquele momento mágico do mergulho + chocolate a escorrer. Aqui já temos baba a escorrer na mesma medida. Depois o mix de coberturas cola-se de um lado e de outro, escolhemos mais um chocolate para topping e pregam-lhe uma moedinha de Magnum. 

E é delicioso! Tanto que mesmo sem vontade de falar de uma coisa que já foi falada por vários bloggers (nomeadamente alguns) não posso deixar de mencionar e insistir: se puderem, provem. Parece que a loja só está lá até Outubro e quero voltar a visitá-la muitas vezes. De preferência numa altura menos concorrida. 

 


[*não, não fui uma das sortudas convidadas a ir experimentar, mas se me convidarem apago este post, finjo que ainda não fui e digo-lhes que sim, que sim, que gostava muito de experimentar]

Sigam-me no Instagram @mariadaspalavras, no Youtube aqui e no Facebook aqui.

Seguir no SAPO

foto do autor

Passatempos

Ativos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu mai'novo

Escrevo pr'áqui







blogging.pt

Recomendado pela Zankyou

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds